Futebol, Mídias e Borrões: um olhar relacional sobre o esporte

Autores

Diogo Corrêa Meyer

Periódico / Revista

Cadernos de Campo: Revista de Ciências Sociais

Cidade

Araraquara

Número

n. 21

Páginas

p. 29-45

Ano

2016

ISSN

1415-0689

Resumo (pt)

Procuramos neste texto problematizar a relação de identidades inventadas no futebol a partir de uma perspectiva relacional baseada principalmente na teoria ingoldiana. Para isso, selecionamos um evento – as partidas de ida e volta das oitavas de final da Copa Libertadores da América entre Clube Atlético Mineiro e Racing Club de Avellaneda – no qual destacamos a presença de uma personagem: o goleiro argentino Sebastián Saja. Neste percurso, notamos como o indivíduo é inventado criativamente por uma miríade de relatos oriundos dos meios de comunicação a partir das análises de outros agentes, como jornalistas, cronistas, outros depoimentos de atletas, outros tempos, entre outros. Com efeito, através dessa polifonia, pensamos o futebol como um emaranhado de coisas vivas, onde não somente a trajetória profissional de um jogador é fluída, como também os diversos elementos relacionados ao esporte, tais como a leitura viva sobre as identidades regionais desenhadas pelos agentes da comunicação.

PALAVRAS-CHAVE: Futebol. Meios de comunicação. Identidade. Tim Ingold. Roy Wagner.

Abstract

The purpose of this article is to analyze the relation between invented identities in football from a relational perspective based on Ingoldian theory, specially. For this pur- pose, we chose an event – the football matches that occurred in the 8th-finals of Libertadores America Cup between Clube Atlético Mineiro and Racing Club de Avallaneda – which we selected the presence of a character: the Argentinean goalkeeper Sebastián Saja. On this way, we noticed how the persona is creatively crafted for a myriad based on media reports from other analysis, like journalists, chroniclers, athletes’ testimonials, other decades, etc. Indeed, through this polyphony, we think in football as a joint of alive things, where not just the professional way of a football player is flexible, but also the diverse elements related with the sport, like the active reading about the regional identities designed for the media individuals.

KEY WORDS: Football. Media. Identity. Tim Ingold. Roy Wagner.

Referência

MEYER, Diogo Corrêa. Futebol, Mídias e Borrões: um olhar relacional sobre o esporte. Cadernos de Campo: Revista de Ciências Sociais. Araraquara, n. 21, p. 29-45, 2016.