Futebol no Centro-Oeste

Autores

Fábio Santiago Santa Cruz

Subtítulo

dos primórdios ao profissionalismo (1905-2018)

Editora

Paco Editorial

Cidade

Jundiaí

Páginas

228

Ano

2020

ISBN

9786586476309

Sinopse

A obra do professor Fábio Santa Cruz, com 228 páginas, conta a história do futebol no Centro-Oeste do país, tendo início em 1905 com o padre Malan em Cuiabá e 1907 com o pastor Mac-Intyre e o estudante Walter Sócrates do Nascimento na Cidade de Goiás.

A primeira fase é a do amadorismo, época em que não havia campeonatos estaduais e os campeonatos mais importantes eram os municipais. “Os principais clubes dessa época foram o Goiânia, o Atlético Goianiense, o Mixto (Cuiabá), o Dom Bosco (Cuiabá) e o Atlético Matogrossense (Cuiabá)”, relata.

O profissionalismo chegou nos anos 60, quando os clubes foram transformados em empresas desportivas e os atletas em jogadores assalariados. “Nessa época, os campeonatos estaduais se tornam cada vez mais importantes, com destaque para a rivalidade Goiás X Vila Nova na cidade de Goiânia”, lembra.

A última fase é a do período pós-2000, em que o profissionalismo demonstra maior avanço no Centro-Oeste, principalmente no Estado de Goiás, que tem os clubes mais estruturados da região, sendo o Goiás o maior clube do Centro-Oeste, único a participar de uma Taça Libertadores da América e também finalista da Copa Sul-Americana em 2010.

O livro ainda relata que o futebol masculino do Centro-Oeste não tem nenhum título nacional, já o feminino, sim. “O MS Saad, do Mato Grosso do Sul, foi campeão brasileiro feminino da primeira divisão de 2007. Já o Icesp foi campeão feminino da segunda divisão nacional em 2018”, narra.

Rivalidades do interior, grandes campanhas de clubes do Centro-Oeste no Campeonato Brasileiro, Goiás e Brasiliense em finais da Copa do Brasil também são assuntos tratados no livro.

Referência

CRUZ, Fábio Santiago Santa. Futebol no Centro-Oeste: dos primórdios ao profissionalismo (1905-2018). Jundiaí: Paco Editorial, 2020.