Futebol, Torcida e Territórios: diálogos entre Antropologia e Jornalismo em dia de jogo do Botafogo-PB

Autores

Marco Aurélio Paz Tella, Phelipe Caldas

Periódico / Revista

Âncora - Revista Latino-americana de Jornalismo

Cidade

João Pessoa

Volume

v. 29

Número

n. 1

Páginas

p. 113-131

Ano

2017

ISSN

2359-375X

Resumo (pt)

Historicamente, narradores e demais jornalistas de rádio e de TV que fazem as transmissões de futebol Brasil afora costumam ver a torcida de um clube como uma unidade que vai ao estádio sempre com o mesmo objetivo: torcer pelo seu time do coração. Uma leitura distante do que acontece e que muitas vezes complica o trabalho dos profissionais de imprensa, que sem as informações adequadas não sabem lidar ao vivo, por exemplo, com ocorrências originadas dentro de uma mesma torcida. Este artigo, portanto, com o pretensioso objetivo de contribuir com o trabalho da crônica esportiva brasileira, analisa jogos do Botafogo-PB sob um olhar antropológico para entender melhor como se constituem as torcidas de futebol. E tentar mostrar que bem diferente de uma unidade indivisível, a torcida de um mesmo clube é na verdade um conjunto de territórios que coexistem numa mesma arquibancada em permanente estado de negociações e conflitos.

Palavras-chave Jornalismo esportivo; Antropologia e Jornalismo; Futebol; Torcida; Território; Botafogo-PB.

Abstract

Historically, narrators and other radio and TV journalists who broadcasts soccer in Brazil usually see the fans of a soccer team as a homogeneous group that goes to the stadium always with the same goal: to cheer for their team. A reading that does not correspond to the facts and that often complicates the work of press professionals, who without adequate information do not know how to deal with disputes originating within the same crowd on live broadcasts, for example. This article, therefore, has the pretentious goal of contributing to the work of the Brazilian sports chronicle corps. To understand better how soccer fans are made, it analyzes Botafogo-PB games under an anthropological perspective. In addition, it tries to show that quite different from an indivisible homogeneous group, the fans of the same teams are actually a set of territories that coexist in a same stand in a permanent state of negotiations and conflicts.

Keywords Sports journalism; Anthropology and Journalism; Soccer; Soccer fans; Territory; Botafogo-PB.

Referência

TELLA, Marco Aurélio Paz; CALDAS, Phelipe. Futebol, Torcida e Territórios: diálogos entre Antropologia e Jornalismo em dia de jogo do Botafogo-PB. Âncora - Revista Latino-americana de Jornalismo. João Pessoa, v. 29, n. 1, p. 113-131, 2017.