História do campeonato brasileiro de futebol (1971-1987): para além da narrativa da “modernização” do futebol brasileiro

Autores

Daniel Vinicius Ferreira

Periódico / Revista

Hydra

Cidade

Guarulhos

Volume

v. 3

Número

n. 5

Páginas

p. 77-121

Ano

2018

Área de concentração

Dossiê História dos Esportes e Lazer

ISSN

2447-942X

Resumo (pt)

Este artigo trata da história do Campeonato Brasileiro de Futebol, desde a sua criação em 1971, até 1987, ocasião em que os principais clubes formaram uma liga e decidiram organizar por si o torneio. Privilegia-se uma análise sobre alguns dos diferentes atores sociais (clubes, confederações, imprensa), e seus interesses, envolvidos com as transformações do torneio, num contexto histórico atravessado por rupturas políticas e econômicas. Por fim, problematizamos, ainda, essa transformação dentro de leituras acadêmicas, considerando que as rupturas no formato do torneio ficariam, em boa medida, consagradas pelo termo de “modernização”, conotando um sentido de “avanço” e de “melhora” no futebol brasileiro.

Palavras-chave: Futebol brasileiro; Globalização; Modernização

Abstract

This article shows the history of the Campeonato Brasileiro de Futebol (Brazilian football tournament) from its beginning in 1971, until 1987, when it was replaced by a league which allowed the main clubs to organize the matches autonomously. It highlights some actors selected, and their interests, involved with the transformation of the tournament (clubs, confederation, press) in a historical context crossed for political and economic events. Finally, we problematize that transformation inside of academic readings, considering that the ruptures on the tournament, to a large extent, were consecrated by the term “modernization” connoting a sense of “advancement” and “improvement” into Brazilian football.

Key words: Brazilian football; Globalization; Modernization.

Referência

FERREIRA, Daniel Vinicius. História do campeonato brasileiro de futebol (1971-1987): para além da narrativa da “modernização” do futebol brasileiro. Hydra. Guarulhos, v. 3, n. 5, p. 77-121, 2018.