O desenvolvimento socioeconômico e as tensões entre os ideais amadores e profissionais no futebol brasileiro

Autores

José Geraldo do Carmo Salles, Israel Teoldo da Costa, Antonio Jorge Gonçalves Soares

Periódico / Revista

PUBLICATIO UEPG: Ciências Sociais Aplicadas

Cidade

Ponta Grossa

Volume

v. 25

Número

n. 2

Páginas

p. 281-290

Ano

2017

ISSN

2238-7560

Resumo (pt)

O esporte moderno nasce no seio das escolas públicas inglesas como mais um princípio do processo educativo. Neste contexto educacional o esporte passa a representar uma forma civilizadora de polir os instintos humanos (agressividade, violência, paixão etc), tal como concebe Elias (1992). Todavia, rapidamente tornou-se também um ramo da ordem capitalista, onde a lógica basal é o acúmulo. E o esporte, ao ser governado pelos interesses passou a ser um local de negócios, apostas e divertimentos. O objetivo deste texto é promover a reflexão sobre o processo de desenvolvimento do futebol no Brasil, focado nas tensões entre os ideais amadores e os valores do profissionalismo. O esporte a partir do momento em que assumiu o profissionalismo passou a conviver com sentimentos e significados, à primeira vista, antagônicos e inconciliáveis: interesse financeiro e paixão. Para sustentar as hipóteses apresentamos argumentações da mídia e dos torcedores que reforçam a permanência dos ideais amadores nos pressupostos utilizados acerca das transferências de dois jogadores brasileiros para o futebol europeu. O primeiro, Ronaldo Luís Nazário de Lima (o Fenômeno), que jogou em muitos equipes europeias, o segundo é Neymar da Silva Santos Junior que foi comprado junto ao Santos F. C. pelo F. C. Barcelona em 2013.

Palavras-chave: Futebol, paixão, mídia, esporte e economia.

Abstract

The modern sport is born within the English public schools as another principle of the educational process. In this educational context the sport come to represent a civilizing way of polishing human instincts (aggression, violence, passion, etc.), as conceived Elias (1992) However, it quickly became also a branch of the capitalist order, where the basal logic is the accumulation. And the sport, to be governed by the interest became a place of business, gaming and entertainment. The aim of this paper is to promote reflection on the process of development of football in Brazil, focused on the tensions between the amateur ideals and values of professionalism. The sport, from the moment in which it assumed the professionalism, went to live with feelings and meanings, at first glance, contradictory and irreconcilable: financial interest and passion. To support the hypotheses, we presented arguments of the media and fans that reinforce the permanence of the amateur ideal in the arguments used on transfers of two Brazilian players for European football at different times between the late twentieth and early twenty-first century. The first, Ronaldo Luis Nazario de Lima (The Phenomenon), who played in many European teams between the years 1994-2008, and the second is Neymar da Silva Santos Junior that was bought together with Santos F.C. by F.C.Barcelona in 2013.

Keywords: Football, passion, media, sport and economy

Referência

SALLES, José Geraldo do Carmo; COSTA, Israel Teoldo da; SOARES, Antonio Jorge Gonçalves. O desenvolvimento socioeconômico e as tensões entre os ideais amadores e profissionais no futebol brasileiro. PUBLICATIO UEPG: Ciências Sociais Aplicadas. Ponta Grossa, v. 25, n. 2, p. 281-290, 2017.