Ideologia, futebol e violência: uma análise do relatório “Preservar o espetáculo, garantindo a segurança e o direito à cidadania”

Autores

Felipe Tavares Paes Lopes, Heloisa Helena Baldy dos Reis

Periódico / Revista

Arquivos Brasileiros de Psicologia

Cidade

Rio de Janeiro

Volume

v. 69

Número

n. 3

Páginas

p. 36-51

Ano

2017

ISSN

1809-5267

Resumo (pt)

Este trabalho aborda a discussão sobre violência e segurança nos espetáculos futebolísticos a partir do campo teórico da ideologia. Mais exatamente, objetiva analisar e interpretar o potencial ideológico do principal relatório publicado pela Comissão Paz no Esporte, que tem como finalidade apoiar e acompanhar a implantação da Política Nacional de Prevenção da Violência e Segurança nos Espetáculos Esportivos. Para tanto, adotamos o referencial teórico-metodológico desenvolvido por John B. Thompson. Entre outros aspectos, os resultados nos indicam que o referido relatório dissimula as controvérsias relacionadas à violência no futebol, legitima um modelo panóptico de estádio e autoriza o controle social dos torcedores organizados, mantendo-os em uma situação de dominação.

Palavras-chave: Ideologia; Dominação; Futebol; Segurança; Violência.

Abstract

This paper focuses on the discussion about violence and safety in football spectacles from the theoretical field of ideology. Rather, it aims to analyze and interpret the ideological potential of the main report published by the Peace in Sport Committee, which aims to support and monitor the implementation of the National Policy of Violence Prevention and Safety in Sports Spectacles. To answer it, we adopted the theory and the methodology developed by John B. Thompson. Among other aspects, the results indicate that the report dissimulates the controversies related to soccer violence, legitimizes a panoptic model of stadium and authorizes the social control of the “torcedores organizados”, keeping them in a situation of domination.

Keywords: Ideology; Domination; Soccer; Safety; Violence.

Resumo (outro idioma)

Este trabajo aborda la discusión sobre violencia y seguridad en los espectáculos futbolísticos desde el campo teórico de la ideología. Más exactamente, tiene como objeto analizar e interpretar el potencial ideológico del más importante informe publicado por la Comisión Paz en el Deporte, que tiene como finalidad apoyar y acompañar la implementación de la Política Nacional de Prevención de la Violencia y Seguridad en los Espectáculos Deportivos. Para eso, adoptamos el referencial teórico-metodológico desarrollado por John B. Thompson. Entre otros aspectos, los resultados nos indican que el informe disimula las controversias relacionadas con la violencia en el fútbol, legitima un modelo panóptico de estadio y autoriza el control social de los hinchas organizados, manteniéndolos en una situación de dominación.

Palabras clave: Ideología; Dominación; Fútbol; Seguridad; Violencia.

Referência

LOPES, Felipe Tavares Paes; REIS, Heloisa Helena Baldy dos. Ideologia, futebol e violência: uma análise do relatório “Preservar o espetáculo, garantindo a segurança e o direito à cidadania”. Arquivos Brasileiros de Psicologia. Rio de Janeiro, v. 69, n. 3, p. 36-51, 2017.