Imagens Nacionais

Autores

Alvaro Vicente Graça Truppel Pereira do Cabo

Subtítulo

representações do campeonato mundial de 1978 em veículos da imprensa do Brasil e Argentina

Orientador

Victor Andrade de Melo

Banca

Ronaldo George Helal, Maurício da Silva Drumond Costa, José Costa D’Assunção Barros, Bruno Sciberras de Carvalho

Faculdade / Instituição

Instituto de Filosofia e Ciências Sociais, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Tipo

Tese

Área de concentração

Doutorado em História

Ano

2016

Páginas

234

Cidade

Rio de Janeiro

Resumo (pt)

A presente tese tem como temática investigar a relação entre Futebol/Copas do Mundo e a ideia de Nação. O principal objetivo deste trabalho é comparar o conteúdo de periódicos argentinos e brasileiros no torneio escolhido 1978 (Argentina), a fim de identificar a possível conexão entre as distintas construções de imagens nacionais e a propagação de representações coletivas a partir das seleções de cada país. A comparação entre órgãos da imprensa brasileira e argentina permite vislumbrar o olhar do outro, identificando assim questões identitárias e estereótipos possíveis que ajudam a entender a relação estabelecida entre as tensões políticas existentes no período e a importância do futebol como operador de nacionalidade. Assim sendo, visões cruzadas sobre 1978 permitem analisar as representações surgidas em torno de ambas as nações a partir da importância cultural e política do futebol, que geralmente é potencializada durante as Copas do Mundo, tanto no Brasil quanto na Argentina.

Abstract

This thesis aims to study the links between Football/ World Cup and the idea concept of nation. In order to identify the possible connection between the various national images constructs and the propagation of collective representations from the national teams in each country, the purpose of this study is to compare the contents of Argentine and Brazilian journals in the tournament chosen: 1978 (Argentina). To compare the Brazilian and Argentine press allows a glimpse of another perspective, thus identifying identity issues and possible stereotypes that help to understand the relation between the existing political tensions in the period and the importance of football as national operator. Therefore, crossviews of 1978 allow us to analyze the representations emerged around both nations from the cultural importance of football politics which is generally enhanced during the World Cup, both in Brazil and in Argentina.

Sumário

Introdução, 10

1 A Copa do Mundo na Argentina. Nacionalismo e mobilização social prévia em torno do evento, 34

1.1 Mundial na Argentina: Nacionalismo e defesa da pátria “en la fiesta de todos” 34

1.2 O caminho para o torneio: expectativas no Brasil e na Argentina 48

2 Seleção nacional e manifestações populares 70

2.1 Dos “papelitos” ao Carnaval 70

2.2 Vozes dissonantes e integradoras 87

2.3 A retórica ufanista da conquista e as críticas no invicto revés 99

3 Personalidades legitimadoras e marcantes do evento 116

3.1 Militares – A onipresença do general Videla e do Almirante Heleno de Freitas 117

3.1.1 Videla, o anfitrião 117 3.1.2 Heleno Nunes, o interventor 129

3.2 Técnicos – O “comunista” Menotti e o “capitão” Coutinho 142

4 Estilos de jogo e a construção de estereótipos nacionais 170

4.1 Brasil – Futebol-força x Futebol-arte 170 4.2 Argentina – A redenção da “viveza criolla” 184

4.3 Peru – De grata surpresa a polêmico “vilão” 200

5 Considerações finais 219

Referências 226

Referência

CABO, Alvaro Vicente Graça Truppel Pereira do. Imagens Nacionais: representações do campeonato mundial de 1978 em veículos da imprensa do Brasil e Argentina. 2016. 234 f. Tese (Doutorado em História) - Instituto de Filosofia e Ciências Sociais, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2016.