Jornalismo Esportivo, Copa do Mundo & Seleção Brasileira de Futebol − Titelê e a lembrança de uma crônica de Matinas Suzuki Jr.

Autores

Luciano Victor Barros Maluly, Edwaldo Costa

Periódico / Revista

Communicare

Cidade

São Paulo

Volume

v. 18

Número

n. 1

Páginas

p. 244-252

Ano

2018

ISSN

1676-3475

Resumo (pt)

Independentemente do meio, os assuntos envolvendo a Seleção Brasileira de Futebol tornaram-se pautas periódicas nos principais jornais, sobretudo em momentos de Copa do Mundo, como a de 2018. Entre as notícias de destaque, estão as relacionadas aos personagens que, dentro e fora do campo, são admirados como defensores do futebol-arte, que é definido pelo pesquisador Jesús Casteñón Rodriguez como “estilo de alta qualidade baseado na brilhante execução das jogadas” (1993, p. 148, tradução nossa). Assim como Telê Santana em 1982, o treinador Tite recuperou a imagem da Seleção Brasileira, tão desgastada após a derrota de sete a um para os alemães, na semifinal da Copa de Mundo de 2014. Ao revelar um paralelo entre o passado e o presente, esse fascínio talvez esteja ligado à ideia de que o futebol também é um símbolo da cultura brasileira. Este artigo analisa o contexto envolvendo a Seleção Brasileira bem como o principal protagonista desta história, no período anterior à Copa do Mundo FIFA de 2018.

Palavras-chave: Copa do Mundo. Futebol. Jornalismo Esportivo. Seleção Brasileira de Futebol.

Abstract

Regardless of the mean, subjects surrounding Brazil squad have become periodic guidelines in the main newspapers, especially at World Cup moments, such as Russia’s. Among the highlights, there are characters who, inside and outside the fields, are admired as defenders of football-art, which is defined by the researcher Jesús Casteñón Rodriguez as a “high quality style based on the brilliant execution of the plays” (1993, p. 148). Such as Telê Santana in 1982, the coach Tite recovered the image of Brazil squad, so damaged after the defeat of seven to one for the Germans, in the semifinal of the 2014 FIFA World Cup. In revealing a parallel between the past and the present, this fascination is perhaps linked to the idea that soccer is also a symbol of Brazilian culture. This paper analyzes the context involving Brazil squad as well as the main protagonist of this story, in the period before the 2018 FIFA World Cup.

Key-words: World Cup. Soccer. Sports Journalism. Brazil squad.

Resumo (outro idioma)

Independientemente del medio, los asuntos que envuelven la selección brasileña de fútbol, se volvieron directrices periódicas en los principales periódicos, principalmente en momentos como en la Copa Mundial, en 2018. Entre las noticias en destaque, están relacionados los personajes que, adentro y afuera del campo del juego, son admirados como defensores del futbol-arte, que es definido por el investigador Jesús Casteñón Rodríguez como “estilo de alta calidad basado en la brillante ejecución de las jugadas” (1993, p. 148). Así como Telê Santana en 1982, el entrenador Tite recuperó la imagen de la Selección Brasileña, tan desgastada después de su derrota de siete a uno para los alemanes, en la semifinal de la Copa Mundial de 2014. Al revelar un paralelo entre el pasado y el presente, esa fascinación tal vez esté ligada a la idea de que el fútbol es un símbolo de la cultura brasileña. Este artículo analiza el contexto que envuelve la selección brasileña de fútbol, bien como del principal protagonista de esa historia, en el periodo anterior a la Copa Mundial de Rusia 2018.

Palabras-clave: Copa Mundial. Fútbol. Periodismo Deportivo. Selección de Fútbol de Brasil.

Referência

MALULY, Luciano Victor Barros; COSTA, Edwaldo. Jornalismo Esportivo, Copa do Mundo & Seleção Brasileira de Futebol − Titelê e a lembrança de uma crônica de Matinas Suzuki Jr.. Communicare. São Paulo, v. 18, n. 1, p. 244-252, 2018.