Jornalismo esportivo e equidade de gênero: a ausência das mulheres como fonte de notícias na cobertura dos Jogos Olímpicos de Londres 2012

Autores

Valquiria Michela John

Periódico / Revista

Estudos em Jornalismo e Mídia

Cidade

Florianópolis

Volume

v. 11

Número

n. 2

Páginas

p. 498-509

Ano

2014

Tema

Dossiê Esporte e Mídia

ISSN

1984-6924

Resumo (pt)

O jornalismo esportivo tem sido uma área em que a conquista da equidade de gênero ainda está distante de ser alcançada. Há poucas mulheres nas redações esportivas e há poucas mulheres protagonistas do noticiário esportivo, principalmente na mídia impressa, berço histórico dessa área do jornalismo. A imprensa nacional, representada por veículos especializados como o jornal O Lance! ou por jornais de circulação nacional, como Folha de S. Paulo, não parece fugir a este modelo. Assim surgiu a preocupação em verificar qual o espaço destinado à mulher nesses veículos. Foi utilizado como método de coleta e análise dos dados a análise de conteúdo para, deste modo, identificar como a questão de gênero é tratada no jornalismo esportivo nacional, tendo como foco a cobertura realizada pelos referidos jornais durante os jogos olímpicos de Londres. Foram analisadas todas as edições dos dois jornais referentes ao intervalo de realização dos jogos olímpicos que compreendeu o período de 27 de julho a 12 de agosto de 2012. Os resultados apontam para a confirmação do pressuposto da pesquisa e em sintonia com os outros estudos realizados, evidenciam uma cobertura jornalística que além de ouvir poucas fontes, praticamente ignora as mulheres, mesmo na cobertura de um evento em que elas estão massivamente representadas.

Palavras-chave Gênero; Mulheres; Jornalismo esportivo; Olimpíadas

Abstract

Sport journalism has been a fi eld where the conquest of gender equality is still far away from being achieved. Th ere are few women in the newsrooms and few women as protagonist of sport news, mainly in the printed media, where this kind of journalism was born. Th e national press, represented by specialized media, such as the newspaper O Lance!, or widely circulated newspapers, such as Folha de S. Paulo, seem to escape from this model. And with that, the concern to verify the space given to women in these newspapers arouse. We use the analysis of content to identify how gender issues were addressed in the national sport news during the coverage of the 2012 London Olympics Games. All the editions during the event, between July 27 and August 12, were analyzed. Th e results points to the confirmation of the presupposition of the research and also according to other previous studies, putting in evidence that the journalistic coverage uses few woman as news source and ignores them, even during the covering of an event where they are massively represented.

Keywords Gender; Womans; Sport journalism; Olympics games.

Referência

JOHN, Valquiria Michela. Jornalismo esportivo e equidade de gênero: a ausência das mulheres como fonte de notícias na cobertura dos Jogos Olímpicos de Londres 2012. Estudos em Jornalismo e Mídia. Florianópolis, v. 11, n. 2, p. 498-509, 2014.