Lugares do futebol no Jaraguá/SP: lógicas de organização, expressões simbólicas e tendências do futebol de várzea contemporâneo

Autores

Alberto Luiz dos Santos

Periódico / Revista

FuLiA / UFMG

Cidade

Belo Horizonte

Volume

v. 4

Número

n. 2

Páginas

p. 75-95

Ano

2019

Tema

Dossiê Políticas, diversidades e intolerâncias

ISSN

2526-4494

Resumo (pt)

O advento do futebol popular em São Paulo se desdobrou no anonimato dos terrenos baldios, por meio da apropriação dos vazios urbanos, principalmente as várzeas dos rios (várzea), o que configurou uma intensa trama de sociabilidades e instaurou o futebol como obra coletiva. Nesses lugares, disseminou-se a festa do futebol, enredando o jogo em meio a múltiplas práticas culturais. O processo de implosão-explosão da cidade permite interpretar a proliferação dessa festa, assim como a transformação da cidade em metrópole suscita a reflexão sobre a escassez de sua “base social.” A partir dessas balizas, esse artigo dedica-se à pujança do futebol de várzea contemporâneo, salientando duas tendências que elucidam sobre suas lógicas de organização: a “passagem” dos campos antigos à administração pública e a permanência do futebol como obra na periferia. Realizamos levantamentos cartográficos comparativos, buscando identificar os campos de futebol situados no distrito do Jaraguá/SP de acordo com cada tendência. Posteriormente, com base em levantamentos empíricos e entrevistas, buscamos compreender a situação cadastral e organizativa dos campos, seus usos e práticas culturais. Sobre estas, foi dado enfoque às expressões do jogo, entre o lúdico e o competitivo, e da música, permeando o corpo e a memória dos grupos, em meio a batucadas, rodas de samba, DJ’s e pancadões.

PALAVRAS-CHAVE: Várzea; Metrópole; Jaraguá/SP

Abstract

The advent of popular football in São Paulo has its origins in the anonymity of the empty lots, through the occupation of the urban voids, especially in the floodplains ( várzea), which had set up an intense sociability mesh and established football as a collective work. The celebration of football was disseminated among those places, entwining the game amid the multiple cultural practices. The implosion-explosion process of the city allows us to understand the proliferation of such celebration, as well as the transformation of the city into a metropolis rises the reflection about the scarcity of its “social bases.” From those perspectives, this article is dedicated to the strength of the contemporary várzea football, pointing out two tendencies that clarify its organization logic: the “transference” of the old fields to the public administration and the persistence of football as artwork in the periphery. A comparative cartographic survey was conducted, seeking the identification of the football fields located in Jaraguá Districts/SP according to each tendency. Subsequently, based on empirical surveys and interviews, we tried to understand the registration and organizational situation of the fields, their use, and cultural practices. Therefore, the focus was on the game expressions, within the ludic and the competitive, and the music permeating the body and the memory of the groups, amid batucadas, roda de samba, DJ’s and pancadões.

KEYWORDS: Floodplain; Metropolis; Jaraguá/SP.

Referência

SANTOS, Alberto Luiz dos. Lugares do futebol no Jaraguá/SP: lógicas de organização, expressões simbólicas e tendências do futebol de várzea contemporâneo. FuLiA / UFMG. Belo Horizonte, v. 4, n. 2, p. 75-95, 2019.