Maracanazo, adeus? Da tragédia de 1950 a vergonha de 2014 nas narrativas da derrota da seleção brasileira na imprensa

Autores

Leda Costa

Periódico / Revista

Tríade: comunicação, cultura e mídia

Cidade

Sorocaba

Volume

v. 4

Número

n. 7

Páginas

p. 126-149

Ano

2016

ISSN

2318-5694

Resumo (pt)

A eliminação a seleção brasileira da Copa de 2014 aconteceu após uma derrota para a Alemanha pelo placar de 7 a 1. Esse jogo foi interpretado por grande parte da imprensa esportiva como a maior vergonha dos cem anos da seleção nacional, completados naquele mesmo ano. Para contar a história do 7 a 1 foi constante o acionamento da derrota de 1950 feito em grande medida com o objetivo de demonstrar que a eliminação da seleção brasileira da Copa de 2014 havia sido uma derrota que quitaria com a chamada “tragédia de 1950” como ficou conhecida a derrota do Brasil para o Uruguai na Copa daquele ano, no Maracanã. Este artigo propõe-se a analisar as recepções das decisivas derrotas da seleção brasileira em 1950 e 2014, produzidas pela imprensa esportiva, objetivando mostrar aproximações e distanciamentos. Os diferentes modos de se narrar o fracasso da seleção brasileira em campo, em Copas do Mundo, indicam importantes mudanças no cenário nacional e global, relativos não somente ao futebol, mas a aspectos vinculados à imprensa esportiva, assim como às interpretações que o país faz de si mesmo por intermédio do futebol e, em especial, durante as Copas do Mundo.

Palavras-chave: Copa de 1950. Copa de 2014. Imprensa esportiva.

Abstract

The elimination of the Brazilian team of the 2014 World Cup took place after a defeat to Germany at 7 score of 1. This game was played by much of the sports press as the greatest shame of the hundred years of the national team, completed that same year. To tell the story of 7-1 was constant drive of the 1950 defeat done largely in order to demonstrate that the elimination of the Brazilian team of the 2014 World Cup was a defeat that quitaria with the so-called “1950 tragedy” as He became known the defeat of Brazil to Uruguay in the World Cup that year, at the Maracana. This article proposes to analyze the reception of the decisive defeat of the Brazilian team in 1950 and 2014, produced by the sports press, aiming to show similarities and differences. The different ways of narrating the failure of the Brazilian team in the field, in the World Cup, indicate important changes in the national and global stage, relating not only to football, but the aspects related to the sports press, as well as the interpretations that the country is himself through football, and especially during the World Cup.

Keywords: World Cup1950. World Cup 2014. Sport press.

Referência

COSTA, Leda. Maracanazo, adeus? Da tragédia de 1950 a vergonha de 2014 nas narrativas da derrota da seleção brasileira na imprensa. Tríade: comunicação, cultura e mídia. Sorocaba, v. 4, n. 7, p. 126-149, 2016.