Mario Filho e a “Invenção” do Jornalismo Esportivo Profissional

Autores

André Mendes Capraro

Periódico / Revista

Movimento

Volume

v.17

Número

n.2

Páginas

p.213-224

Área de concentração

Educação Física

ISSN

0104754X

Resumo (pt)

Mario Filho é apontado como a principal referência do jornalismo esportivo brasileiro. O objetivo do presente artigo é o de investigar como foi construída a máxima de que este agente seria o “inventor” do jornalismo esportivo moderno. Seguindo alguns “indícios”, principalmente a análise de crônicas esportivas, concluiu-se que foi sobretudo na cidade do Rio de Janeiro que Mario Filho se tornou uma celebridade do esporte. Por outro lado, seu alcance era limitado em outros centros. Quanto à transmissão recorrente de que o jornalista foi o “inventor” do jornalismo esportivo moderno, destaca-se a importância do reforço feito por reconhecidos jornalistas, intelectuais e artistas. No seio deste grupo, o mais engajado foi seu próprio irmão, Nelson Rodrigues.

Abstract

Mario Filho is considered the main reference for Brazilian sporting journalism. The aim of this paper is to investigate how it was established the affirmation that this agent would be the “inventor” of modern sporting journalism. Following some “traces”, especially the analysis of sporting chronicles, it was concluded that it was mainly in Rio de Janeiro that Mario Filho became a sport”s celebrity. On the other hand, his reach was limited in other centers. Regarding the recurrent transmission that the journalist was the “inventor” of modern sporting journalism, it”s important to emphasize the effort made by renowned journalists, intellectuals and artists. Within this group, the most committed was his own brother, Nelson Rodrigues.
 

Resumo (outro idioma)

Mario Filho se muestra como la principal referencia para el periodismo deportivo brasileño. El objetivo de este trabajo es investigar la forma en que se construyó hasta que este agente podría ser el “inventor” del periodismo deportivo moderno. Después de algunas “pruebas”, especialmente el análisis de las crónicas deportivas, se concluyó que se trataba sobre todo en Río de Janeiro que Mario Filho convirtió en una celebridad en el deporte. Por otra parte, su alcance fue limitado en otros centros. En cuanto a la demandante de transmisión que el periodista fue el “inventor” del periodismo deportivo moderno, destacamos la importancia de fortalecer la hacen los periodistas de renombre, los intelectuales y artistas. Dentro de este grupo, el más comprometido era su propio hermano, Nelson Rodrigues.

 

Observações

Confira o site da revista: www.seer.ufrgs.br/Movimento/index

Referência

CAPRARO, André Mendes. Mario Filho e a “Invenção” do Jornalismo Esportivo Profissional. Movimento. Porto Alegre, v.17, n.2, p.213-224, 2011.