Megaeventos esportivos e políticas públicas

Autores

Rodrigo Barbosa Terra

Subtítulo

Jogos Pan-Americanos 2007 e suas relações com a Copa do Mundo de Futebol de 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016

Orientador

Lamartine Pereira da Costa

Banca

Carlos Nazareno Ferreira Borges, Leandro Nogueira Salgado Filho, Ana Maria de Freitas Miragaya, Luciana Marins Nogueira Peil

Faculdade / Instituição

Instituto de Educação Física e Desportos, Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Tipo

Tese

Área de concentração

Doutorado em Educação Física

Ano

2015

Páginas

127

Cidade

Rio de Janeiro

Resumo (pt)

Esta tese tem como questão central investigar de que forma as propostas de legados apresentadas pelos realizadores dos megaeventos esportivos brasileiros Jogos Pan-Americanos de 2007, Copa do Mundo de Futebol de 2014 e Jogos Olímpicos Rio 2016 respondem aos interesses das políticas públicas. Para tanto, os objetivos consistiram em: a) verificar na história recente de três megaeventos esportivos ações de boas práticas ligadas aos possíveis legados dos seguintes eventos: Copa Mundo/2010 África do Sul, Jogos Sul-Americanos/2010 Medellín/Colômbia e Jogos Olímpicos/2012 Londres / Inglaterra; b) verificar, diante dos legados do evento Jogos Pan-Americanos Rio-2007, como se instituíram as relações entre Governo Federal e o órgão de administração nacional do esporte olímpico brasileiro (COB) na definição das ações do evento; c) verificar em que medida se dão as relações entre o atual Governo Federal e os órgãos de administração nacional do esporte (CBF e COB), responsáveis pela organização da Copa do Mundo de Futebol de 2014 e pelos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro de 2016, no que tange aos possíveis legados a serem deixados pelos referidos eventos, se eles se aproximam ou se afastam dos encontrados nos Jogos Pan-Americanos Rio-2007. O procedimento metodológico utilizado neste estudo foi realizado em quatro fases: a) revisão bibliográfica sobre o tema; b) levantamento e análise de documentos referentes aos eventos estudados; c) realização de sete entrevistas semiestruturadas, que foram gravadas, transcritas e categorizadas; d) categorização e análise dos documentos e das entrevistas levando em consideração os objetivos propostos na pesquisa. Os resultados demonstraram que as ações de boas práticas ligadas aos possíveis legados dos megaeventos verificados na história recente se posicionam no campo dos legados tangíveis para os Jogos de 2010 e 2012 e intangíveis para a Copa do Mundo de 2010. Quanto à relação entre Governo Federal e COB nas tomadas de decisão, com base nos legados, do Pan de 2007, os dados mostram que o processo se baseou em um planejamento frágil, um modelo de governança inadequado e a assinatura tardia da matriz de responsabilidade do evento. Com relação ao desenvolvimento de legados dos eventos de 2014 e 2016, observamos que o de imagem é que aparece de maneira mais relevante na pesquisa. Finalmente, para responder à questão central da presente pesquisa, chegamos à demonstração de que a base das propostas de legados do Pan de 2007 pouco se aproxima dos interesses das políticas públicas. Já para a Copa do Mundo de 2014 e para os Jogos de 2016, as propostas de legados se direcionam para ações que, se bem-executadas, podem de forma direta ou indireta atender os interesses das políticas públicas.

Abstract

The objective of this dissertation was to investigate how the proposals for the legacies presented by Brazilian organizers of sports mega-events Pan American Games 2007, FIFA World Cup 2014 and Olympic Games – Rio 2016 meet the interests of public policies. The objectives of this research were: a) to identify actions of good practices linked to possible legacies of three recent sports mega-events: the FIFA World Cup 2010 South Africa, the South American Games/2010 Medellin / Colombia and the Olympic Games/2012 London/England; b) to verify how the relationship between the Federal Government and the Brazilian Olympic Committee (COB) was devised in order to define the necessary actions for the events related to the legacies of the 2007 Pan American Games; c) to identify the relationship between the Federal Government and the private institutions CBF (the Brazilian Confederation of Soccer) and COB – both of them responsible for the organization of the FIFA World Cup 2014 and the Olympic Games in Rio de Janeiro 2016; d) to identify and verify how close the possible legacies left (or to be left) by the mentioned events are from those found in the Rio 2007 Pan American Games. Methodological procedures were taken in four stages: a) bibliographical review about the topic; b) analysis of documents related to the investigated events; c) seven semi structured interviews, recorded, transcribed and categorized; d) categorization and analysis of documents and interviews based on the proposed objectives. Results demonstrated that the good practices linked to the possible legacies of the referred sports mega-events in recent history are tangible for the 2010 and 2012 Games and intangible for the FIFA World Cup 2010. In terms of the relationship between the Federal Government and COB, based on the legacies of the 2007 Pan-American Games, data demonstrate that the process was based on weak planning, which caused an inadequate model of management, which resulted in the late agreement on the responsibility matrix. In relation to the development of legacies of the sports mega-events of 2014 and 2016, it was observed that the image of Brazil as a great country seems to be the main legacy to be left. Finally, it is important to mention that the response to the central question of this study is that the proposals for the legacies of the 2007 Pan-American Games did not meet the interests of public policies. As for the 2014 FIFA World Cup and the 2016 Olympic Games, the proposals for the legacies are directed to actions which, if well executed, might directly or indirectly meet interests of public policies.

Sumário

INTRODUÇÃO, 6

1 MEGAEVENTOS ESPORTIVOS E AÇÕES DE BOAS PRÁTICAS, 13
1.1 Apresentando conceitos-chave, 13
1.2 Visitando alguns megaeventos do esporte, 27
1.2.1 Jogos Sul-Americanos de Medelín, Colômbia, de 2010, 27
1.2.2 Copa do Mundo de Futebol da África do Sul de 2010, 31
1.2.3 Jogos Olímpicos de Londres 2012, 36
1.3 Megaeventos esportivos e boas práticas na perspectiva das políticas públicas, 41

2 JOGOS PAN-AMERICANOS RIO-2007: RELAÇÕES ENTRE PODER PÚBLICO E ÓRGÃO NACIONAL DE ADMINISTRAÇÃO DO EVENTO (COB), 45
2.1 A estrutura organizacional dos Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro, 45
2.2 Tomando decisões nos âmbitos do governo federal e do Comitê Olímpico Brasileiro, 55
2.3 Os Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro-2007 e seus legados, 70

3 POLÍTICAS PÚBLICAS E SUAS RELAÇÕES COM A COPA DO MUNDO DE FUTEBOL DE 2014 E OS JOGOS OLÍMPICOS RIO 2016, 81
3.1 Apresentando e discutindo o projeto da Copa do Mundo – FIFA 2014, 81
3.2 Apresentando e discutindo o projeto dos Jogos Olímpicos – Rio 2016, 93
3.3 Princípios gerais para o desenvolvimento de legados em megaeventos do esporte no Brasil, 101

CONCLUSÃO, 113

REFERÊNCIAS, 119

APÊNDICE – Roteiro das entrevistas, 125

Referência

TERRA, Rodrigo Barbosa. Megaeventos esportivos e políticas públicas: Jogos Pan-Americanos 2007 e suas relações com a Copa do Mundo de Futebol de 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016. 2015. 127 f. Tese (Doutorado em Educação Física) - Instituto de Educação Física e Desportos, Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2015.