Megaeventos esportivos no Brasil

Autores

Arlei Sander Damo, Ruben George Oliven

Subtítulo

um olhar antropológico

Editora

Armazém do Ipê

Cidade

Campinas

Tema

Megaeventos

Área de concentração

Políticas Públicas

Páginas

216

Ano

2014

ISBN

9788562019159

Sumário

Apresentação, 1

1. Megaeventos esportivos no Brasil: nem bênção, nem maldição, 13

2. Futebol: um espetáculo de identidades e alteridades, 33

3. A Copa como mercadoria, 51

4. A trama que trouxe a Copa ao Brasil, 71

5. A celebração de uma conquista, 83

6. Uma rivalidade e dois estádios: o caso Gre-Nal, 99

7. A era das arenas, 119

8. Usos e abusos do dinheiro público, 137

9. A rebeldia festiva, 163

10. Um megapaís chamado Brasil, 187

Referências 205

Sinopse

Pelo grau de exposição midiática, pelo montante de recursos empenhados, pela natureza das parcerias ensejadas e pela efervescência das contestações, a Copa 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016 transformaram-se numa espécie de denominador de todos os megaempreendimentos em curso no Brasil. Discute-se, com base nos megaeventos esportivos, os mais variados temas da economia, da política e da identidade nacional, desde a probidade na gestão dos recursos públicos até a distribuição de poder nas tomadas de decisões sobre os modelos de cidade e de cidadania. O tema é atual e a antropologia tem muito a contribuir para qualificar a compreensão dos significados, impactos e controvérsias desencadeadas nesse processo que excede, consideravelmente, as disputas esportivas.

Referência

DAMO, Arlei Sander; OLIVEN, Ruben George. Megaeventos esportivos no Brasil: um olhar antropológico. Campinas: Armazém do Ipê, 2014.