Mercado esportivo e escolarização de mulheres atletas

Autores

Carlus Augustus Jourand Correia, Leonardo Bernardes Silva de Melo, Antonio Jorge Gonçalves Soares

Periódico / Revista

Novos Olhares Sociais

Cidade

Cachoeira

Volume

v. 3

Número

n. 1

Páginas

p. 199-217

Ano

2020

Tema

Dossiê Esporte e Sociedade: perspectivas

ISSN

2596-2833

Resumo (pt)

O objetivo desse artigo é problematizar as desigualdades esportivas e como as mulheres administram a dupla carreira de formação no esporte e na escolarização, em diferentes níveis, e os possíveis impactos dessa administração no mercado da modalidade. O mercado esportivo é o ambiente social e/ou virtual propício às condições para a troca de bens, serviços e performances atléticas com vista à transformação desses em produtos econômicos. No entanto, a formação do esporte moderno, e consequentemente do seu campo no século XIX, constituíram-se como um espaço da masculinidade, quase exclusivamente formado por homens e envolto em conceitos diretamente esperados pelo gênero masculino. Os indicadores selecionados para mensurar essas diferenças de mercado esportivo foram: postos de trabalho, remuneração dos atletas, acesso a patrocinadores, exposição da imagem, competições realizadas, número de praticantes/consumidores. A existência de esportes com mercados mais consolidados e expandidos pode significar, aos olhos das atletas, um campo de possibilidades maior para a profissionalização e, consequentemente, um direcionamento maior para a prática esportiva em detrimento de outras atividades, entre elas a formação escolar.

PALAVRAS-CHAVE: Esporte, Mulheres, Dupla Carreira, Mercado Esportivo.

Abstract

The purpose of this article is to discuss sports inequalities and how women manage their dual training career in sport and schooling, at different levels, and the possible impacts of this administration on the market. The sports market is the social and/or virtual environment conducive to the conditions for the exchange of goods, services and athletic performances with a view to transforming them into economic products. However, the formation of modern sport, and consequently of its field in the nineteenth century, constituted itself as a space of masculinity, almost exclusively formed by men and surrounded by concepts directly expected by the male gender. For the analysis the indicators selected to measure these differences in the sports market were: Jobs, athletes’ remuneration, access to sponsors, image exposure, competitions held, number of practitioners / consumers. The existence of sports with more consolidated and expanded markets may mean, in the eyes of the athletes, a larger field of possibilities for professionalization and, consequently, a greater direction for the practice of sports to the detriment of other activities, including schooling.

KEYWORDS: Sport, Women, Dual Career, Sports Market.

Referência

CORREIA, Carlus Augustus Jourand; MELO, Leonardo Bernardes Silva de; SOARES, Antonio Jorge Gonçalves. Mercado esportivo e escolarização de mulheres atletas. Novos Olhares Sociais. Cachoeira, v. 3, n. 1, p. 199-217, 2020.