Nomadismo e miscigenação no futebol pelotense

Autores

Luiz Carlos Rigo

Periódico / Revista

Movimento

Volume

v.9

Número

n.3

Páginas

p.149-161

Área de concentração

Educação Física

ISSN

0104754X

Resumo (pt)

Tomando como referencia o futebol de Pelotas e Região, este artigo propõe-se a fazer uma reflexão referente ao processo de constituição e consolidação do Futebol Moderno. A partir de fragmentos da memória de antigos “boleiros” da região e de fontes escritas, procuro assinalar como esse futebol, situado em uma Zona Fronteiriça, emergiu, proliferou-se e consolidou-se, estabelecendo relações mútuas, trocas futebolísticas, não só com o futebol europeu e do centro do país (Rio de Janeiro e São Paulo) mas também com o futebol argentino e uruguaio.

Abstract

This article takes as reference the soccerf rom Pelotas and region, and is proposed to consider the constitution and consolidation process of the modern soccer. Based on written sources and on memories of former “goalkeepers” from the region, I try to follow how this soccer, which is in border region, emerged, proliferated and Consolidated, establishing mutual relations not only to european soccer and to the soccer from São Paulo and Rio de Janeiro, which are very important in Brazil, but also to Uruguayan and Argentinean soccer.

Resumo (outro idioma)

Tomando como referencia el fútbol de Ia ciudad de Pelotas y regiones este artículo propone hacer una reflección referente ai proceso de constituición y consolidación del Fútbol Moderno. Apartir de fragmientos de Ia memória de antiguos “peloteros” de Ia región y de fuentes escritas, busco apuntar como ese fútbol, ubicado en una Zona de Frontera, emergió, se prolifero y se consolido, estabeleciendo relaciones mutuas, câmbios fútbolisticos, no es solo con el fútbol europeu y del centro de pais (Rio de Janeiro y São Paulo) pero también con el fútbol argentino y uruguayo.

Observações

Confira o site da revista: www.seer.ufrgs.br/Movimento/index

Referência

RIGO, Luiz Carlos. Nomadismo e miscigenação no futebol pelotense. Movimento. Porto Alegre, v.9, n.3, p.149-161, 2003.