Novos “sujeitos-torcedorxs”: trajetórias e estratégias de visibilidade da Galo Queer, Bambi Tricolor e Palmeiras Livre

Autores

Maurício Rodrigues Pinto, Marco Antonio Bettine de Almeida

Periódico / Revista

Mosaico

Cidade

Rio de Janeiro

Volume

v. 9

Número

n. 14

Páginas

p. 105-124

Ano

2018

ISSN

2176-8943

Resumo (pt)

A proposta deste artigo é investigar as trajetórias de movimentos de torcedorxs contemporâneos que se posicionam politicamente contrários à homofobia e à misoginia no futebol brasileiro. Por meio do acompanhamento de suas interações na rede social Facebook e também a partir de relatos obtidos em entrevistas de história oral com seus integrantes, são analisadas as trajetórias da Galo Queer (formada por torcedorxs do Clube Atlético Mineiro), Bambi Tricolor (que reúne torcedorxs do São Paulo Futebol Clube) e Palmeiras Livre (coletivo de torcedorxs da Sociedade Esportiva Palmeiras) e algumas de suas estratégias de visibilidade.

Palavras-chave: futebol; homofobia; machismo; torcidas queer; facebook.

Abstract

The purpose of this article is to investigate the trajectories of movements of contemporary fans who are politically opposed to homophobia and misogyny in Brazilian soccer. Through the monitoring of their interactions in the social networking site Facebook and also from reports obtained in oral history interviews with their members, it’ll be analyzed the trajectories of Galo Queer (formed by fans of Clube Atlético Mineiro), Bambi Tricolor (that unites supporters of the São Paulo Futebol Clube) and Palmeiras Livre (a collective of fans from the Sociedade Esportiva Palmeiras) and their strategies of visibility.

Keywords: football; homophobia; male chauvinism; queer football supporters, facebook.

Referência

PINTO, Maurício Rodrigues; ALMEIDA, Marco Antonio Bettine de. Novos “sujeitos-torcedorxs”: trajetórias e estratégias de visibilidade da Galo Queer, Bambi Tricolor e Palmeiras Livre. Mosaico. Rio de Janeiro, v. 9, n. 14, p. 105-124, 2018.