“O clássico dos clássicos” das alterosas mineiras: a invenção da rivalidade futebolística entre Athletico e Palestra

Autores

Rogério Othon Teixeira Alves, Silvio Ricardo da Silva, Sarah Teixeira Soutto Mayor, Georgino Jorge de Souza Neto

Periódico / Revista

Revista Brasileira de Educação Física e Esporte

Cidade

São Paulo

Volume

v. 30

Número

n. 3

Páginas

p. 703-721

Ano

2016

ISSN

1981-4690

Resumo (pt)

O presente artigo tenciona investigar a gênese da rivalidade entre os clubes de futebol do Palestra Itália e Athletico Mineiro, nos anos de 1921 a 1942, na cidade de Belo Horizonte-MG. Para além da rivalidade propriamente dita, voltamos nosso olhar para outros elementos que orbitam em torno dela, constituindo as experiências dos sujeitos e do torcer. Para tanto, utilizamos as fontes localizadas nos periódicos publicados pela imprensa no período supracitado. Assim, jornais pertencentes a acervos como Hemeroteca Pública do Estado de Minas Gerais, Imprensa Oficial do Estado de Minas Gerais, Arquivo Público da Cidade e a Coleção Linhares foram consultados. Neste sentido, as notas, colunas e seções que tratam dos embates entre Palestra e Athletico tornaram-se a matéria-prima para a elaboração desta narrativa. Podemos perceber que a imprensa colaborou, sobremaneira, na construção de uma tradição inventada para alavancar o espetáculo esportivo/futebolístico. Nestes meandros, a tentativa de um controle das condutas emerge na forma de uma “educação para o torcer”, ditando um modelo adequado de se portar, mas ao mesmo tempo, alimentando o ideário de uma rivalidade que pudesse se consolidar e marcar o cotidiano dos sujeitos envolvidos nela.

PALAVRAS-CHAVE: História; Tradição; Torcer; Educação.

Abstract

This paper has the intention of investigating the genesis of the rivalry between the soccer clubs Palestra Italia and Club Atletico Mineiro between 1921 and 1942, in the city of Belo Horizonte – MG. Besides examining said rivalry, we turn our attention to the other elements that surround it and constitute the experiences of the subjects and of the act of supporting a squad. Periodicals published by the press during the stated period were used as sources. Thus, newspapers belonging to archives such as the Public Newspaper Library of Minas Gerais, the Official Press of Minas Gerais, the Public Archives of the City and Linhares Collection were consulted and notes, columns and sections covering clashes between Athletico and Palestra became the raw material for the preparation of this narrative. It was noted that the press played a very conducive role to the construction of a tradition created to leverage the sports/soccer spectacle. The attempt to control behaviors emerged as an “education for supporters”, which dictated a certain conduct, but also nurtured a rivalry in order for it to be able to solidify and seep into the daily lives of subjects who adhered.

KEY WORDS: History; Tradition; Supporter; Education.

Referência

ALVES, Rogério Othon Teixeira; SILVA, Silvio Ricardo da; MAYOR, Sarah Teixeira Soutto; SOUZA NETO, Georgino Jorge de. “O clássico dos clássicos” das alterosas mineiras: a invenção da rivalidade futebolística entre Athletico e Palestra. Revista Brasileira de Educação Física e Esporte. São Paulo, v. 30, n. 3, p. 703-721, 2016.