O Estatuto da FIFA e a igualdade de gênero no futebol: histórias e contextos do Futebol Feminino no Brasil

Autores

Caroline Soares de Almeida

Periódico / Revista

FuLiA / UFMG

Cidade

Belo Horizonte

Volume

v. 4

Número

n. 1

Páginas

p. 72-87

Ano

2019

Tema

Dossiê Futebol e mulheres

ISSN

2526-4494

Resumo (pt)

Este ensaio procura analisar as mudanças ocorridas no Futebol Feminino brasileiro a partir da introdução da igualdade de gênero no estatuto da FIFA, em 2016. Depois de anos de banimentos e exclusões, ações para o fortalecimento do Futebol Feminino – e de mulheres que atuam como profissionais na área – ganharam certo espaço na agenda da CBF. No entanto, a disparidade existente nas relações de gênero, no contexto futebolístico nacional, mostrou-se bastante latente em pouco tempo. Para tanto, apresento uma reflexão sobre os relatos observados durante o trabalho de campo – realizado no interior do estado de São Paulo – e as notícias publicadas em diferentes veículos de comunicação sobre essa temática.

PALAVRAS-CHAVE: Futebol Feminino; FIFA; Igualdade de gênero; Futebol brasileiro.

Abstract

This essay aims to analyze the changes that have occurred in Brazilian Women’s Football since the introduction of gender equality in FIFA’s statute in 2016. After years of banishment and exclusion, actions to strengthen Women’s Football – and women who work as professionals in this area – gained space in the CBF agenda. However, the disparity in gender relations in the national football context has been very latent in a short time. Thus, I present a reflection on the reports of fieldwork and journalists on this theme.

KEYWORDS: Women’s Football; FIFA; Gender Equality; Brazilian Football.

Referência

ALMEIDA, Caroline Soares de. O Estatuto da FIFA e a igualdade de gênero no futebol: histórias e contextos do Futebol Feminino no Brasil. FuLiA / UFMG. Belo Horizonte, v. 4, n. 1, p. 72-87, 2019.