O fim do passe e as transferências de jogadores Brasileiros em uma época de globalização

Autores

Francisco Xavier Freire Rodrigues

Periódico / Revista

Sociologias

Volume

v.12

Número

n.24

Páginas

p. 338-380

Tema

Políticas Públicas e Cidadania

Área de concentração

Sociologia

ISSN

1807-0337

Resumo (pt)

O artigo aborda as recentes transformações na legislação futebolística brasileira e seus impactos no mercado de trabalho. Analisa a influência do fim do passe nas transferências (internas e externas) de jogadores de futebol no Brasil. Trata-se de uma investigação empírica, o fim do passe e a exportação de jogadores brasileiros. Utilizamos técnicas de pesquisa quantitativas e qualitativas (questionários e entrevistas). Aplicamos 97 questionários com atletas de 12 clubes do campeonato brasileiro de futebol das Séries A, B e C. A pesquisa indica que o fim do passe criou novas condições para as transferências internas e externas de jogadores brasileiros. Houve crescimento significativo das transferências internacionais de jogadores depois do fim do passe, acentuando a exportação de atletas brasileiros. Além da globalização, as razões desse crescimento devem-se ao fato de que a Lei Pelé facilitou as transferências ao decretar o fim do passe, estabelecer a liberdade de trabalho e flexibilizar os contratos.
 
Palavras-chave: Futebol. Globalização. Transferências de jogadores. Fim do passe. Exportação.

 

Abstract

The article discusses the recent changes in the Brazilian sports legislation and its impact on the labor market. It analyzes the influence of the end of the passe in (internal and external) transfers of football players in Brazil. This is an empirical investigation of the end of the passe and the export of Brazilian players. It makes use of quantitative and qualitative research techniques (questionnaires and interviews). The author applied 97 questionnaires to athletes from 12 clubs of the Brazilian football championship series A, B and C. The research indicates that the end of the passe has created new conditions for internal and external transfers of Brazilian players. There was a significant increase in the number of international transfers of players after the end of thepasse, expanding the export of Brazilian athletes. In addition to the globalization, the reasons for this increase are due to the fact that the Pelé Law (No. 9615/98) has facilitated the transfers with the end of the passe, allowing more freedom to work and more flexible contracts.
 
Keywords: Football. Globalization. Players” Transfers. End of the passe. Export.

Referência

RODRIGUES, Francisco Xavier Freire. O fim do passe e as transferências de jogadores Brasileiros em uma época de globalização. Sociologias. Porto Alegre, v.12, n.24, p. 338-380, 2010.