O futebol na agenda do governo Lula

Autores

Mariângela Ribeiro dos Santos

Subtítulo

um salto de modernização (conservadora) rumo a Copa do Mundo FIFA 2014

Orientador

Fernando Mascarenhas

Faculdade / Instituição

Faculdade de Educação Física, Universidade de Brasília

Tipo

Dissertação

Área de concentração

Mestrado em Educação Física

Ano

2011

Páginas

222

Cidade

Brasília

Resumo (pt)

O presente estudo analisa o princípio organizador da agenda governamental para o futebol no período compreendido entre o primeiro e segundo mandatos do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (2003-2010), bem como discute suas implicações para a formulação de políticas públicas voltadas para a modalidade. Para tanto, realizou-se uma investigação estruturada a partir de levantamento bibliográfico e pesquisa documental, por meio de: literatura acadêmica sobre o tema; notícias produzidas pela Assessoria de Comunicação do Ministério do Esporte – divulgadas através de seu portal eletrônico; e, complementarmente, os discursos proferidos pelo referido mandatário relacionados ao futebol, selecionados a partir do portal eletrônico da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República. O tratamento dos dados foi realizado com base no método de análise de conteúdo, o que permitiu a categorização de cinco eixos de ação política: ordenamento legal, gestão dos clubes, segurança nos estádios, financiamento e Copa do Mundo FIFA 2014 – este último com maior destaque, identificado como princípio organizador da agenda. A pesquisa concluiu que as políticas públicas dirigidas para o futebol no governo supracitado foram bastante contraditórias. Mediante a existência de avanços significativos no que se refere ao papel exercido pelo Estado na sua relação com o setor esportivo – com destaque para a questão do planejamento –, a postura conservadora no padrão de relacionamento com as entidades de administração – clubes, federações e confederação – e a intensificação de medidas de apoio ao empresariamento da atividade, refletem um novo momento do processo de modernização conservadora do futebol em nosso país.

Abstract

This research has as its intent, identify and analyze the organizing principle of the sports agenda and its implications for government policy-making aimed at soccer. This work is dedicated to the study of government sports agenda, during the first and second term of the Lula Government (2003-2020). To achieve this goal we conducted a research through a structured literature review of literature related to the theme explored, documentary research, focused on news produced by the Office of Communication of the Ministry of Sports, published at the website of the Ministry itself. With a view to expand and enrich our analysis of our data, we also analyze the speeches by President Lula in the study period 2003-2010, that somehow relate to football. The analysis of documents was based on the method of content analysis. The research shows that Lula Government Agenda 2003-2010, took place at the base of the contradiction on the one hand, there was significant progress on the other, maintaining a structure under some conservative actors, which reflects a conservative modernization dynamic football in our country.

Sumário

INTRODUÇÃO, 16

A. Os procedimentos metodológicos, 22

CAPÍTULO I – O FUTEBOL: O INÍCIO DO JOGO NO BRASIL, 27

1.1 Gênese e desenvolvimento do futebol no Brasil, 27

1.2 A modernização do futebol no Brasil – os marcos do processo, 36

CAPÍTULO 2 – A RELAÇÃO ENTRE ESTADO E “SOCIEDADE ESPORTIVA”, 47

2.1 Sob a tutela do Estado, 48

2.2 O cenário liberalizante pós-1988, 50

2.3 A cartolagem empoderada, 54

2.4 Lula lá, 57

2.4.1 Copa do Mundo FIFA no Brasil, 61

CAPÍTULO 3 – O FUTEBOL NA AGENDA DO MINISTÉRIO DO ESPORTE, 69

3.1 O futebol na Agenda de Governo, 70

3.2 Ordenamento legal, 75

3.3 Gestão dos clubes, 87

3.4 Financiamento do futebol, 92

3.5 Segurança nos estádios, 99

3.6 Copa do Mundo FIFA 2014, 107

3.7 Economia da Copa, 121

3.8 Legados anunciados, 127

3.9 A gestão e a transparência prometida, 132

CAPÍTULO 4 – O PRESIDENTE TORCEDOR, 136

4.1 Do operário Luiz Inácio da Silva ao líder político Lula, 136

4.2 A paixão pelo futebol, 140

4.2.1 A paixão pelo Corinthians, 145

4.3 O Presidente, 150

4.3.1 Ordenamento legal, 157

4.3.2 Gestão dos clubes, 159

4.3.3 Financiamento, 162 vii

4.3.4 Segurança nos estádios, 164

4.3.5 Copa do Mundo FIFA 2014, 165

CONSIDERAÇÕES FINAIS, 177

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS, 181

APÊNDICES, 188

Referência

SANTOS, Mariângela Ribeiro dos. O futebol na agenda do governo Lula: um salto de modernização (conservadora) rumo a Copa do Mundo FIFA 2014. 2011. 222 f. Dissertação (Mestrado em Educação Física) - Faculdade de Educação Física, Universidade de Brasília, Brasília, 2011.