O imaginário da derrota no esporte contemporâneo

Autores

Katia Rubio

Periódico / Revista

Psicologia & Sociedade

Volume

v.18

Número

n.1

Páginas

p.86-91

Área de concentração

Psicologia

ISSN

1807-0310

Resumo (pt)

Diante das necessidades impostas aos atletas de alto rendimento na atualidade, a superação se tornou um princípio e um termo recorrente entre aqueles que conseguiram chegar entre os mais destacados, os vencedores. Na estrutura do esporte contemporâneo observa-se a reprodução do modelo liberal que privilegia a vitória, embora sejam premiados os três primeiros colocados em disputas olímpicas. Isso leva muitas vezes o ganhador da medalha de prata e de bronze a se sentir derrotado, negando um feito digno de registro histórico. Os desdobramentos da derrota não são suficientemente estudados, o que contribui para uma atitude de negação em relação a essa situação tanto por parte de atletas como de profissionais que atuam no universo esportivo. O objetivo deste trabalho é apresentar uma discussão sobre o imaginário da derrota no esporte contemporâneo e como esse evento se dá entre atletas brasileiros ganhadores de medalhas olímpicas, bem como as suas várias representações no contexto social contemporâneo. 

Abstract

Considering the needs for high performance imposed to athletes nowadays, overcoming limits has become a principle and a recurrent term among those who achieve prominence: winners. In the structure of contemporary sports we observe a reproduction of the liberal model which privileges victory, although the first three prizes are awarded in Olympic disputes. This situation very often makes silver and bronze medallists feel defeated, denying their achievement, which is worth a historical record. The unfolding of defeat has not been properly studied, which contributes to denial of that situation by both athletes and professionals who work within the sports universe. The aim of this paper is to present a debate on the image of defeat in contemporary sports as well as how it takes place among Olympic medallists, together with its several representations in the contemporary social context. 

Observações

Link para o site da revista: www.ufrgs.br/seerpsicsoc/ojs/archive.php

Referência

RUBIO, Katia. O imaginário da derrota no esporte contemporâneo. Psicologia & Sociedade. Florianópolis, v.18, n.1, p.86-91, 2006.