O impacto do megaevento esportivo de futebol na estruturação urbana da metrópole do Recife

Autores

Marcelo Allgayer de Holanda Cavalcanti

Orientador

Maria Ângela de Almeida Souza

Banca

Flávio Antônio Miranda de Souza, Cláudio Jorge Moura de Castilho

Faculdade / Instituição

Centro de Artes e Comunicação, Universidade Federal de Pernambuco

Tipo

Dissertação

Área de concentração

Gestão e Politicas Públicas

Ano

2014

Páginas

94

Cidade

Recife

Resumo (pt)

Essa pesquisa tem por finalidade compreender o impacto dos grandes eventos esportivos de padrão internacional no setor esportivo local e suas repercussões no território. Focaliza o novo momento para o futebol nacional, com a mudança física e conceitual de estádios para arenas e como essas se incluem na perspectiva local, sobretudo as interferências diretas para os clubes, para os torcedores e para a cidade. De modo específico, a pesquisa objetiva analisar o impacto que a Copa das Confederações de 2013 e a Copa do Mundo de 2014, ocasionarão no setor futebolístico pernambucano, com a construção da Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata/PE, focalizando as repercussões de tais impactos no território da metrópole do Recife. Parte-se da hipótese de que essa organização do espaço como algo novo proporcionará transformações definitivas no futebol, sobretudo na relação do torcedor a partir das intervenções na cidade em função dos megaeventos esportivos e do novo palco dos jogos, a Arena Pernambuco. Isso, pois se trata de uma nova forma que o capital acumulado encontrou de escoar os seus investimentos para retorno a longo prazo. E também nas estratégias adotadas pelos clubes locais para se inserirem nesse processo de transformações. Para tanto, torna-se fundamental a identificação de ações desenvolvidas pelo governo federal, estadual ou municipal no que diz respeito à efetivação desses megaeventos, assim como estabelecer relações com possíveis transformações, seja na rotina dos torcedores, seja nas estratégias adotadas pelos clubes locais diante desse novo contexto, seja nas repercussões dessas transformações na estruturação urbana da metrópole do Recife. A metodologia utilizada para buscar e atender tais informações baseou-se na pesquisa nacional “Metropolização e Megaeventos: os impactos da Copa do Mundo 2014 e das Olimpíadas de 2016”, sob coordenação do Observatório das Metrópoles (IPPUR / UFRJ). Dessa forma, foi possível realizar observações em diferentes escalas, como também realizar entrevistas com diversos atores envolvidos no processo de implantação da Copa do Mundo em Pernambuco. Sendo assim, percebemos os arranjos políticos e econômicos que tornou viável e eficaz o megaevento em questão. Incluindo, ainda, os investimentos para o desenvolvimento da Arena Pernambuco a oeste da Região Metropolitana do Recife frente ampla e diversificada lista de opções de arenas no estado. Por fim, os resultados da Copa das Confederações 2013, concebida como grande teste para a Copa do Mundo, diante do público consumidor dos serviços da Arena Pernambuco nesse período.

Abstract

This research aims to understand the impact of major sports events of international standard in the local sports industry and its impact on the territory. Focuses on the new time for the national football, with the physical and conceptual change of stadiums and arenas, as these are included in the local perspective, especially the direct interference to the clubs, for the fans and the city. Specifically, the research aims to analyze the impact that the 2013 Confederations Cup and the World Cup 2014, will result in the Pernambuco football sector with the construction of the Pernambuco Arena in São Lourenco da Mata / PE, focusing on the effects of such impacts within the metropolis of Recife. Part is the hypothesis that this organization of space as something new will provide definitive changes in football, especially in the relationship of fans from the city of interventions in terms of sports mega-events and the new stage of the game, Arena Pernambuco. This, because it is a new way that the accumulated capital found to drain their investments for long term returns. And also in the strategies adopted by local clubs to be inserted in this transformation process. For both, it becomes essential to identify actions taken by federal, state or local government with regard to the execution of these mega-events, as well as establishing relationships with possible transformations, either in the routine of fans, whether in strategies adopted by local clubs before this new context, is the impact of these changes in the urban structure of the metropolis of Recife. The methodology used to seek and meet such information was based on the national survey “Metropolização e Megaeventos: os impactos da Copa do Mundo 2014 e das Olimpíadas de 2016”, coordinated by Observatório das Metrópoles (IPPUR / UFRJ). Thus, it was possible to make observations at different scales, as well as conducting interviews with various actors involved in the process of implementation of the World Cup in Pernambuco. Thus, we perceive the political and economic arrangements that become viable and effective the mega event in question. Also, including investments for the development of the Pernambuco Arena west of the Metropolitan Region of Recife front wide and diverse list of options arenas in the state. Finally, the results of the 2013 Confederations Cup, conceived as great test for the FIFA World Cup, before the consuming public of the Pernambuco Arena services during this period.

Sumário

INTRODUÇÃO, 15

CAPÍTULO I – OS MEGAEVENTOS COMO PRODUTO DA GLOBALIZAÇÃO, 21
1.1 OS IMPACTOS DA GLOBALIZAÇÃO NA REESTRUTURAÇÃO DE CIDADES PARA OS MEGAEVENTOS ESPORTIVOS, 21
1.1.1 A Cidade da Copa, 24
1.2 DOS ESTÁDIOS ÀS ARENAS, 31
1.2.1 As Copas do Mundo e as novas exigências da FIFA, 32
1.2.2 A Copa do Mundo no Brasil, 35
1.2.3 As exigências da FIFA para a Copa do Mundo de 2014, 37

CAPÍTULO II – A ARENA PERNAMBUCO: Estratégias de implantação,44
2.1 ALTERNATIVAS À ARENA PERNAMBUCO, 44
2.1.1 Exigências da FIFA para a Copa do Mundo 2014 em Pernambuco, 46
2.2 A DECISÃO SOBRE A ARENA PERNAMBUCO, 52
2.3 VIABILIDADES DA ARENA PERNAMBUCO, 61
2.3.1 A Arena Pernambuco e a relação com os clubes, 65
2.3.2 As estratégias espaciais dos clubes diante da Arena Pernambuco, 69
2.3.3 As obras de infraestrutura para viabilidade da Arena Pernambuco, 71

CAPÍTULO 3 – A ARENA PERNAMBUCO EM JOGO: Impactos socioespaciais, 74
3.1 A EXPERIÊNCIA DA COPA DAS CONFEDERAÇÕES 2013, 74
3.2 A ARENA PERNAMBUCO NO PERÍODO PÓS-COPA DAS CONFEDERAÇÕES 2013, 81

CONCLUSÃO, 86

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS, 89

APÊNDICE, 92

Referência

CAVALCANTI, Marcelo Allgayer de Holanda. O impacto do megaevento esportivo de futebol na estruturação urbana da metrópole do Recife. 2014. 94 f. Dissertação (Gestão e Politicas Públicas) - Centro de Artes e Comunicação, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2014.