O Jogo de Bola: uma análise socioespacial dos territórios dos peladeiros

Autores

Alexsander Batista E. Silva, Eguimar Felício Chaveiro

Periódico / Revista

Pensar a prática

Volume

v.10

Número

n.1

Páginas

p.1-14

Área de concentração

Educação Física

ISSN

14154676

Resumo (pt)

O objetivo deste trabalho foi o de analisar as territorialidades dos peladeiros no setor Mansões Paraíso, em Aparecida de Goiânia-Goiás. Para realizá-lo foram utilizados alguns procedimentos metodológicos, os quais constam de duas etapas: o trabalho de “gabinete” e o trabalho de campo. A pelada furta a institucionalidade do futebol profissional, posto que para o peladeiro as regras, os locais e os horários figuram num segundo plano. Para o peladeiro, importante mesmo é o momento de sociabilidade proporcionado pela pelada. No jogo rápido de nosso trabalho, a tentativa foi dar o pontapé inicial para uma reflexão geográfica sobre os territórios informais do futebol.
 

Referência

SILVA, Alexsander Batista E.; CHAVEIRO, Eguimar Felício. O Jogo de Bola: uma análise socioespacial dos territórios dos peladeiros. Pensar a prática. Goiânia, v.10, n.1, p.1-14, 2007.