O Més Que Un Club em xeque: globalização do futebol e nacionalismo catalão no centenário do FC Barcelona

Autores

Victor de Leonardo Figols

Tipo de evento

I Fórum de Pesquisas em Comunicação, Esporte e Cultura e I Seminário Internacional do Laboratório de Estudos em Mídia e Esporte

Nome do evento

Comunicação Social

Nome do congresso

Copa do Mundo, Mídia e Identidades Nacionais

Edição do Congresso

I

Cidade

Rio de Janeiro

Ano

2014

Páginas

13

Entidade Organizadora

LEME

Resumo (pt)

Durante os quase 100 anos de vida o FC Barcelona construiu sua identidade com base no nacionalismo catalão. Nos momentos mais difíceis da história da Espanha, o clube assumiu o papel de representante da Catalunha. Todavia, essa identificação entra em conflito com a crescente globalização do futebol que início na década de 1980 e ganhou força após a Lei Bosman de 1996. Nesse sentido, o presente trabalho busca analisar a tensão entre a globalização do futebol e a identidade regional do FC Barcelona, a partir da frase més que un club, símbolo dessa identificação historicamente construída entre o clube e a Catalunha.

Palavras-chave: FC Barcelona; Catalunha; Globalização do futebol; Identidade regional.

Referência

FIGOLS, Victor de Leonardo. O Més Que Un Club em xeque: globalização do futebol e nacionalismo catalão no centenário do FC Barcelona. In: LEME, I, 2014, Rio de Janeiro. Copa do Mundo, Mídia e Identidades Nacionais, LEME. I Fórum de Pesquisas em Comunicação, Esporte e Cultura e I Seminário Internacional do Laboratório de Estudos em Mídia e Esporte, LEME, 2014.