O semiprofissionalismo no futebol brasileiro: representação episódica, fenômeno sistêmico

Autores

André Mendes Capraro, Celso Moletta Júnior, Miguel A. de Freitas Júnior, Natasha Santos Lise

Periódico / Revista

Revista de História Regional

Cidade

Ponta Grossa

Volume

v. 17

Número

n. 2

Páginas

p. 534-555

Ano

2012

Área de concentração

História

ISSN

14140055

Resumo (pt)

A presente pesquisa utilizou-se de diferentes escalas de análise para estabelecer uma reflexão sobre o processo de desenvolvimento econômico do futebol brasileiro. Partiu-se dos preceitos apresentados por Mario Filho na obra O Negro no Futebol Brasileiro, quando este trata do processo de transição do amadorismo ao profissionalismo. Buscou-se compreender se o episódio pontual envolvendo o Clube de Regatas Vasco da Gama e a criação da Associação Metropolitana de Esportes Athleticos (AMEA) foi o marco para o surgimento do semiprofissionalismo no futebol, ou se essa prática de remunerar/presentear os atletas de extratos sociais inferiores ocorria de forma sistêmica e foi potencializado neste episódio. Mesmo que os casos de semiprofissionalismo na principal liga paranaense ocorressem anos antes do celebrado episódio com o Vasco da Gama em 1923, é bem provável, dir-se-ia quase inevitável, que o mesmo estivesse ocorrendo Brasil afora. Outrossim, é um fenômeno sistêmico e não bem localizado geograficamente. 

Abstract

The present research aims to use different scales of analysis to establish a reflection about the process of economic development of the Brazilian soccer. Thus, it was based on the precepts presented by Mario Filho in the book O negro no futebol brasileiro (African Americans in Brazilian Soccer). It also seeks to understand if the episode involving the Clube de Regatas Vasco da Gama and the creation of the Associação Metropolitana de Esportes Athleticos (Metropolitan Association of Athletic Sports – AMEA) has marked the beginning of semi-professionalism in soccer, or if this practice of paying or offering gifts to athletes from lower social strata occurred in a systematic way and was only enhanced by this episode. Even if examples of semi-professionalism in the main league of the state of Paraná already existed prior to the episode with the Vasco da Gama club in 1923, it is quite possible, or almost inevitable, that the same was also occurring throughout the country. Therefore, it would be a systematic phenomenon, and not restricted to a specifi c location. 

Referência

CAPRARO, André Mendes; MOLETTA JúNIOR, Celso; FREITAS JúNIOR, Miguel A. de; LISE, Natasha Santos. O semiprofissionalismo no futebol brasileiro: representação episódica, fenômeno sistêmico. Revista de História Regional. Ponta Grossa, v. 17, n. 2, p. 534-555, 2012.