O signo tático no futebol: uma análise semiótica da seleção brasileira na Copa do Mundo de 1970

Autores

Diego Frank Marques Cavalcante

Periódico / Revista

Revista Brasileira de Educação Física e Esporte

Cidade

São Paulo

Volume

v. 31

Número

n. 3

Páginas

p. 671-681

Ano

2018

ISSN

1981-4690

Resumo (pt)

A dinâmica do futebol profissional é marcada pelo rendimento e competitividade. Neste contexto, a tática é reconhecida como um aspecto decisivo para a eficácia do jogo. O objetivo deste artigo é contribuir para a investigação do comportamento tático no futebol por meio da abordagem semiótica. O propósito da semiótica é investigar os fenômenos através das ações dos signos. A função dos signos é tornar eficientes as relações ineficientes – a este processo inteligente dá-se o nome de semiose. Nesta abordagem, a tática é entendida como um signo coletivo. Este signo influencia formas específicas de orquestrar os movimentos dos jogadores. Um método semiótico que deve identificar e analisar esta ação do signo na tática do futebol é proposto. Para identificar efeitos dos processos de semiose é necessário observar regularidades nas formas de combinar os movimentos durante os jogos. Para a análise é necessário entender o contexto que aciona a semiose, os espaços do campo e os jogadores envolvidos, além da forma de combinar os deslocamentos entre os jogadores. Este método é utilizado para analisar um símbolo tático da seleção do Brasil que participou da copa do mundo da FIFA de 1970. O resultado da análise mostra que a ação de um dado signo tático é responsável por 42% dos gols brasileiros na copa do mundo de 1970.

Palavras-chave: Símbolo; Mente; Linguagem; Peirce.

Abstract

The dynamic of professional soccer is characterized for high performance and competitiveness. In this context, the tactic is recognized how as a decisive aspect for game’s performance. The purpose of this article is to contribute for investigation of tactical behavior in soccer through semiotic approach. The aim of semiotics is to investigate a phenomenon through the action of signs. The sign’s function is to make efficient the inefficient relations. That smart process is denominated semiose. In this approach, the tactic is understood as a collective sign. This sign influences specific ways of the players’ movement coordination. One semiotics method that should identify and analyze the sign’s action in soccer tactics is proposed . To identify effects of semiose’s process is necessary observe the regularities in movements’ combination during the games. The regularity is a symptom of sign’s action. For this analysis is necessary to understand the context that activates the semiose; the free spaces in soccer field and involved players and the way of the players combine their movements. This method is used to analyze one tactical symbol of Brazilian soccer team at the FIFA World Cup in 1970. The result of analysis show that a sign action influence at 42% of Brazilian’s goals in World Cup of 1970.

Keywords: Symbol; Mind; Language; Peirce.

Referência

CAVALCANTE, Diego Frank Marques. O signo tático no futebol: uma análise semiótica da seleção brasileira na Copa do Mundo de 1970. Revista Brasileira de Educação Física e Esporte. São Paulo, v. 31, n. 3, p. 671-681, 2018.