Olimpismo e educação olímpica no Brasil

Autores

Alberto Reinaldo Reppold Filho, Leila Mirtes Magalhães Pinto, Rejane Penna Rodrigues, Selda Engelman

Editora

Editora da UFRGS

Cidade

Porto Alegre

Tema

Estudos Olímpicos

Páginas

270

Ano

2009

ISBN

9788538600534

Sumário

Parte I – Olimpismo e Educação Olímpica

Educação Olímpica como metalinguagem axiológica: revisões pedagógicas e filosóficas de experiências internacionais e brasileiras, 17
Lamartine DaCosta

Educação Olímpica, Olimpismo e euritmia, 29
Márcia de Franceschi Neto-Wacker

Educação Olímpica: o legado de Coubertin no Brasil, 41
Ana Miragaya

Parte II – Educação Olímpica, cultura e educação

Corpo, esporte e Educação Olímpica, 59
Iraquitan de Oliveira Caminha

Lazer e cultura: algumas aproximações com a Educação Olímpica, 69
Nelson Carvalho Marcellino

Olimpismo e uma nova perspectiva para o multiculturalismo, 81
Selda Engelman e Cláudia Maria Perrone

Alteridade e cidadania como caminhos para a compreensão da diversidade e do multiculturalismo na Educação Olímpica, 91
Katia Rubio

Olimpismo, Educação Olímpica e promoção da saúde em jovens, 101
Rodrigo Cavasini e Alberto Reinaldo Reppold Filho

As cerimônias de abertura dos Jogos Olímpicos de verão sob uma perspectiva da Educação Olímpica, 115
Nelson Schneider Todt

Parte III – Experiências de Educação Olímpica

Considerações no planejamento e estruturação de um programa de Educação Olímpica para clubes brasileiros, 129
Marco Bechara e Tadeu Correia da Silva

Educação Olímpica por meio do Judô, 143
Leonardo Mataruna e Karina Cancella

Experiência de Educação Olímpica: a importância de construir estratégias de intervenção pautada numa abordagem construtivista, 151
Marcio Turini Constantino

A Educação Olímpica: diretrizes para a avaliação dos valores, 163
Marcus Levi Lopes Barbosa, Carlos Adelar Abaide Balbinotti e Ricardo Pedrozo Saldanha

Por uma Educação Olímpica em movimento: notas de pesquisas e avaliações, 175
Marta Corrêa Gomes

Educação Olímpica para o Rio de Janeiro 2016: princípios, temas estratégias, meios e elementos, 191
Otávio Tavares

Educação Olímpica multicultural: da pesquisa à prática. Proposta curricular e metodológica e resultados relativos de observações empíricas, 201
Neíse Gaudencio Abreu

Parte IV – Educação Olímpica, história e memória

Educação Olímpica e museus do esporte, 213
Christian Wacker

Educação Olímpica: o papel pedagógico dos centros de documentação e memória, 227
Silvana Vilodre Goellner

A trajetória de um atleta olímpico gaúcho: Willy Seewald, o admirável lançador, 235
Janice Zarpellon Mazo e Paula Andreatta Maduro

A Corrida de Revezamento do Fogo Simbólico da Pátria em Porto Alegre (1938-1947): uma aproximação da corrida de revezamento da chama olímpica, 245
Luís Henrique Rolim

Educação Olímpica: desafios para as políticas públicas de esporte e lazer, 257
Rejane Penna Rodrigues

Informações sobre os autores, 265

Sinopse

A obra está organizada em quatro pertes. Na primeira, são tratados aspectos históricos e filosóficos do Olimpismo, com ênfase nas idéias de Pierre de Coubertin, e suas implicações para a Educação Olímpica no Brasil e em outros países. A segunda compreende um conjunto de estudos sobre as relações da Educação Olímpica com a cultura e educação. A parte seguinte focaliza as experiências de Educação Olímpica no Brasil. São apresentadas também propontas para o desenvolvimento e avaliação de projetos em andamento. A quarta parte congrega estudos sobre Educação Olímpica, História e Memória. Os museus e centros de documentação recebem especial atenção pelo importante papel que desempenham na Educação Olímpica.

Referência

FILHO, Alberto Reinaldo Reppold; PINTO, Leila Mirtes Magalhães; RODRIGUES, Rejane Penna; ENGELMAN, Selda. (Orgs.).Olimpismo e educação olímpica no Brasil. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2009.