Ordem e Progresso nas arquibancadas: o jornalismo esportivo e a gênese das torcidas uniformizadas de futebol durante o regime político do Estado Novo (1937-1945)

Autores

Bernardo Borges Buarque de Holanda, Aníbal Martinot Chaim

Periódico / Revista

Revista de História

Cidade

São Paulo

Número

n. 179

Ano

2020

ISSN

2316-9141

Resumo (pt)

O objetivo do artigo é articular as relações entre a primeira fase do futebol profissional no Brasil, instituído legalmente em 1933 e consolidado a partir de 1937, e o advento do Estado Novo (1937-1945), período político concomitante, conhecido por seus traços autoritários. Busca-se mostrar de que maneira, nesse contexto histórico específico, se forma na cidade de São Paulo o primeiro modelo de torcidas uniformizadas no país, que terá predominância entre as décadas de 1940 e 1960. Por meio de livros de dirigentes esportivos e de fontes jornalísticas, hauridas do periódico paulistano A Gazeta Esportiva, acompanham-se os escritos autorais de João Lyra Filho e as narrativas de imprensa de Thomaz Mazzoni, de modo a salientar a importância do “enquadramento moral” das plateias futebolísticas de então, com base nos valores vigentes, exaltados pelas autoridades do regime estadonovista e assimilados pelos agrupamentos torcedores.

Palavras-chave Futebol – Torcidas Uniformizadas – Estado Novo – Gazeta Esportiva – Thomaz Mazzoni.

Abstract

This article aims to articulate the relations between the development of the first phase of professional football in Brazil, legally established in 1933 and consolidated from 1937, and the advent of Estado Novo (1937-1945), a concomitant political period known by its centralizing and authoritarian characteristics. The goal is to demonstrate how from this specific historical context emerged in the city of São Paulo the first configuration of torcidas uniformizadas (organized supporter’s groups), which will have predominance between the 1940s and 1960s. Through the books of sports leaders, reports from government officials and journalistic sources, with the latter retrieved from the São Paulo newspaper A Gazeta Esportiva, we accompany the writings of João Lyra Filho and the press narratives of Thomaz Mazzoni, in order to emphasize the importance of the “moral framework” of soccer audiences of the time, based on the values in force, exalted by the authorities of the Estado Novo and fully or partially assimilated by the emerging groups of fans. keywords Football – Organized fan groups – New State – Gazeta Esportiva Newspaper – Thomaz Mazzoni.

Referência

HOLANDA, Bernardo Borges Buarque de; CHAIM, Aníbal Martinot. Ordem e Progresso nas arquibancadas: o jornalismo esportivo e a gênese das torcidas uniformizadas de futebol durante o regime político do Estado Novo (1937-1945). Revista de História. São Paulo, n. 179, 2020.