Os mercadores de emoção

Autores

Marcio Silva Rodrigues

Subtítulo

um estudo sobre a empresarização de clubes de futebol no Brasil e sua configuração estrutural

Orientador

Rosimeri de Fátima Carvalho da Silva

Banca

Altamir da Silva Souza, Hans Michael van Bellen

Faculdade / Instituição

Faculdade de Administração, Universidade Federal de Santa Catarina

Tipo

Dissertação

Área de concentração

Mestrado em Administração

Ano

2006

Páginas

275

Cidade

Florianópolis

Resumo (pt)

Devido a empresarização ou à crescente influência das empresas (modelo empresarial) no mundo de hoje, as estratégias, a linguagem, as técnicas e o lucro, antes dimensões restritas a este tipo de organização, transbordaram para outras organizações, cujo objetivo principal não era o resultado financeiro. Diretamente inseridos nesse contexto, os clubes de futebol, por força da empresarização, redimensionaram seus propósitos e, em alguns casos, transformaram-se em verdadeiras empresas voltadas para o benefício econômico. Desse modo, considerando que a existência de mecanismos empresariais nessas organizações pode ter influenciado e/ou alterado a gestão organizacional das mesmas, entende-se, que os clubes podem apresentar modificações na sua configuração estrutural. Desse modo, buscou-se analisar a relação entre o processo de empresarização do futebol e a estrutura organizacional do Sport Club Internacional e Figueirense Futebol Clube, ambos participantes do Campeonato Brasileiro de 2005. Para realizar esta pesquisa de natureza descritivo-interpretativa, utilizou-se a técnica de estudo de multi-caso, tendo como unidade de análise o clube de futebol. Os entrevistados foram selecionados por julgamento e os dados foram coletados de duas formas:1ª) coleta de dados secundários (estatutos, normas, sites e revistas especializadas); 2ª) coleta de dados primários: entrevista em profundidade (semi-estruturada com contato direto) e observação. Esses dados foram tratados mediante análise de conteúdo. Logo após, a partir das categorias de empresarização, preocupação com o mercado, aspectos legais e linguagem, e das dimensões estruturais, complexidade, centralização e coordenação, realizou-se uma análise comparativa dessas organizações. Ficou evidente, nessa análise, as diferenças tanto do grau de empresarização como do processo de estruturação de ambas organizações. Ou seja, o Internacional, além de apresentar fortes traços empresariais, possui também uma configuração estrutural mais rígida e elaborada quando comparado ao Figueirense. Embora os maiores impactos tenham sido identificados no Figueirense, de modo geral, identificou-se uma estreita relação do processo de empresarização com a estruturação das organizações pesquisadas, sobretudo, nos mecanismos de coordenação (profissionalização). Pois, ao adotar uma postura eminentemente empresarial, a preocupação em obter recursos financeiros torna-se a “ordem do dia” para essas organizações, e, desse modo, é clara nesses clubes a necessidade de, para continuarem explorando o futebol como um negócio, contarem com profissionais de diversas áreas, com vistas a inspirar profissionalismo, credibilidade e segurança em suas relações comerciais. Essa condição, conseqüentemente, desencadeia modificações nos outros elementos estruturais pesquisados (complexidade e centralização).

Abstract

Due to enterprisation or to growing influence of the companies (bussines model) in the world today, the strategies, the language, the techniques and the profit, previously restricted dimensions to this type of organization, they overflowed to other types of organizations, whose main objective was not the financial result. Directly inserted in this context, the soccer clubs, from force of entrerprisation, they redirected their purposes and, in some cases, became real companies towards the economical benefit. Thus, considering that the existence of business mechanisms in those organizations might have influenced or altered their organizanization administration, it is understood, that the clubs can present changes in their structural configuration. This way, it was tried to analyze the relationship between the process of the soccer enterprisation and the organizational structure of Sport Club Internacional and Figueirense Futebol Clube, both participants of the 2005 Brazilian Championship. To accomplish this research of a descriptive-interpretative nature, it was used a technique of multi-case study, having the soccer club as unit to be analized . The subjects were selected by judgement and the data were collected in two ways, as it shows:1ª) secondary data colecting (statutes, norms, sites and specialized magazines); 2nd) primary dada colecting, interview in depth (semi-structured with direct contact) and observation. Those data were treated by content analysis. Soon after this stage, starting from the enterprisation categories, concern with the market, legal aspects and language, and of the structural dimensions, complexity, centralization and coordination, a comparative analysis of those organizations was held. Through this analizes it was obvious concerning the enterprisation degree as well as the process of structuring of both organizations. In other words, “Internacional” besides presenting strong business characteristiscs, also has a more rigid and elaboreted structural configuration when compared to “Figueirense”. Although the greatest impacts have been identified in Figueirense, in general, it was identified a narrow relationship of the enterprisation process with the structure of the researched organizations, above all, in the coordination mechanisms (professionalization). Because, when adopting eminently business posture, the concerning about obtaining financial resources becomes the main daily objetive for those organizations, and, in that way, it is clear in those clubs the need, for then to continue exploring the soccer as a way of business, they count on professionals from several areas, which view to inspire professionalism, credibility and safety in their commercial relationships. That condition, consequently, causes changes in the other researched structural elements (complexity and centralization).

Sumário

1 CONTEXTUALIZAÇÕES, PROPOSTAS E PORQUÊS,14
1.1 OBJETIVO GERAL, 16
1.2 OBJETIVOS ESPECÍFICOS, 16
1.3 JUSTIFICATIVA DO ESTUDO, 18

2 REFERENCIAL TEÓRICO: A CONSTRUÇÃO DO CONHECIMENTO, 21
2.1 O FUTEBOL NO BRASIL, 21
2.1.1 A origem elitista do futebol no Brasil e sua configuração inicial, 22
2.1.2 A profissionalização e a “democratização” do futebol, 24
2.1.3 O futebol-empresa, 28
2.2 O MUNDO EMPRESA, 36
2.2.1 O que é uma organização?, 37
2.2.2 Empresarização, 39
2.2.3 O tipo ideal de empresa, 43
2.1.1.1 Preocupação com o mercado, 45
2.1.1.2 Aspectos legais, 51
2.1.1.3 Linguagem, 56
2.3 ESTRUTURA ORGANIZACIONAL, 57
2.3.1 O que é estrutura organizacional?, 58
2.3.2 Elementos constitutivos da estrutura organizacional, 60
2.3.2.1 Centralização, 61
2.3.2.2 Coordenação, 62
2.3.2.3 Complexidade, 66
2.3.3 Variáveis contingenciais, 69

3 OPERACIONALIZANDO A DISCUSSÃO, 73
3.1 PERGUNTAS DE PESQUISA, 73
3.2 DEFINIÇÕES CONSTITUTIVAS (DC) E OPERACIONAIS (DO) DAS CATEGORIAS DE ANÁLISE, 73
3.2.1 Empresarização, 74
3.2.2 Estrutura organizacional, 75
3.3 DELINEAMENTO DA PESQUISA, 76
3.4 UNIVERSO DA PESQUISA, 78
3.5 COLETA DE DADOS, 79
3.5.1 Coleta de dados secundários, 79
3.5.2 Coleta de dados primários, 80
3.6 ANÁLISE DOS DADOS, 82
3.7 FORMATO DO TRABALHO: CONSIDERAÇÕES PESSOAIS, 83

4 DESCRIÇÃO, ANÁLISE, COMPARAÇÕES E CRÍTICAS DAS ORGANIZAÇÕES
PESQUISADAS, 85
4.1 APRESENTANDO AS ORGANIZAÇÕES, 86
4.1.1 Figueirense Futebol Clube, 86
4.1.2 Sport Club Internacional, 91
4.2 EMPRESARIZAÇÃO, 95
4.2.1 Preocupação com o mercado, 95
4.2.2 Aspectos legais, 127
4.2.3 Linguagem, 136
4.3 ESTRUTURA ORGANIZACIONAL, 139
4.3.1 Complexidade, 139
4.3.2 Coordenação, 157
4.3.3 Centralização, 169

5 EMPRESARIZAÇÃO: DA SEMELHANÇA COMERCIAL À RECONSTRUÇÃO
ESTRUTURAL, 177

6 O DESFECHO, AS LIMITAÇÕES E AS SUGESTÕES PARA FUTURAS PESQUISAS, 184
6.1 CONSIDERAÇÕES FINAIS, 184
6.2 LIMITAÇÕES DA PESQUISA, 188
6.3 RECOMENDAÇÕES E SUGESTÕES DE PESQUISA, 190

7 REFERÊNCIAS, 191
APÊNDICE, 197

Referência

RODRIGUES, Marcio Silva. Os mercadores de emoção: um estudo sobre a empresarização de clubes de futebol no Brasil e sua configuração estrutural. 2006. 275 f. Dissertação (Mestrado em Administração) - Faculdade de Administração, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2006.