Produção científica sobre futebol

Autores

Alex Christiano Barreto Fensterseifer

Subtítulo

uma investigação do estado do conhecimento das dissertações e teses produzidas no Brasil

Orientador

Antônio Renato Pereira Moro

Co-rientador

Michel Angillo Saad

Banca

Larissa Rafaela Galatti, Cyro Knackfuss, Júlio César Schmitt Rocha, Cintia De La Rocha Freitas, Nívia Marcia Velho

Faculdade / Instituição

Centro de Desportos, Universidade Federal de Santa Catarina

Tipo

Tese

Área de concentração

Doutorado em Educação Física

Ano

2016

Páginas

281

Cidade

Florianópolis

Resumo (pt)

A tese investiga e analisa o estado do conhecimento das dissertações e teses produzidas no Brasil sobre o futebol, disponíveis no banco de teses da CAPES de 1987 a 2014. A revisão de literatura abrange aspectos relacionados a ciência e produção do conhecimento; interdisciplinaridade e comunidades de prática. O estudo é qualiquantitativo, descritivo exploratório e teórico-bibliográfico. A análise dos dados é dividida em duas etapas: primeiro uma análise com princípios bibliométricos das temáticas, áreas do conhecimento, universidades, orientadores, pesquisadores, gênero, nível de qualificação, ano de defesa e palavras-chave; na segunda etapa, análise qualiquantitativa dos 1258 resumos das dissertações e teses, investigando seus objetivos, métodos e resultados. Os resultados mostram: nenhuma tese ou dissertação sobre análise da produção do conhecimento do futebol no banco de teses da CAPES; crescimento da produção científica sobre o futebol; o futebol é investigado pelas 9 grandes áreas e por 84 áreas do conhecimento; concentração dos estudos nas regiões Sudeste e Sul; no estado de São Paulo; na USP e UNICAMP e, no estado do Rio Grande do Sul na UFRGS; 72,6% em universidades públicas; 82% nível de mestrado; a maior frequência dos estudos é sobre torcidas organizadas e Copa do Mundo; e o método de abordagem predominante é 64% qualitativo. Os resultados indicam ainda que 82,8% das pesquisas se concentram nas Ciências da Saúde, Humanas e Sociais Aplicadas; nas áreas de Educação Física, História, Comunicação, Administração, Sociologia, Psicologia, Educação e Letras. Na síntese das pesquisas, as Ciências Agrárias investigaram sobre suplementação e qualidade dos gramados; nas Biológicas, perfil antropométrico, gasto energético, parâmetros bioquímicos e fisiológicos; nas Exatas e da Terra, probabilidade nas competições, rastreamento de partidas; nas Engenharia, estruturas dos estádios, gestão de clubes e previsões de resultados de jogos; na Multidisciplinar, torcidas organizadas, históricos e Copas do Mundo; na Linguística, Letras e Artes, análise das obras de jornalistas, dicionários e discurso do futebol; na Saúde, treinamento e lesões; nas Sociais Aplicadas, clubes, marketing, contrato de trabalho; nas Humanas, identidade, educação, violência, religião e índios; e na Educação Física, estresse, o chute, mulheres, capacidades físicas e gestão nas categorias de base. Nas análises gerais o futebol produziu um conhecimento científico robusto, com certa desconexão do campo científico, recorrência e fragmentação. A tese propõe uma produção interdisciplinar do conhecimento sobre futebol com um projeto coletivo, com integração das áreas, com novos conceitos, com diálogo, outra visão de construção do conhecimento; através das comunidades de práticas com compartilhamento, construindo relações, com engajamento e aprendizagem conjunta.

Abstract

The thesis investigates and analyses the state of knowledge of dissertations and thesis about football produced in Brazil and which are available at the CAPES thesis bank from 1987 to 2014.The literature review encompasses aspects related to the science and production of knowledge; interdisciplinarity and community of practice. The is a qualiquantitative, descriptive exploratory and theory-bibliographical study. The analysis of the data is divided into two processes: firstly, an analyses with bibliometric principles of the topics, areas of knowledge, universities, advisors, researchers , genre, level of qualification, year of defence and key words; in the second process, a quali-quantitative analysis of the 1258 abstracts of thesis and dissertations, investigating their aims, methods and results. The results state: there are no thesis or dissertations about the analysis of the production of knowledge of football in the CAPES thesis bank; growth of the scientific production about football; football is investigated by the 9 great areas and by the 84 areas of knowledge; concentration of studies in the Southeast and Southern regions; in the state of São Paulo; at USP and UNICAMP and, in the state of Rio Grande do Sul at UFRGS; 72.6% in public universities; 82% Masters Level; the highest frequency of studies is about football fan groups and the World Cup; and the predominant approach is 64% qualitative. The results indicate, yet, that 82% of the research is within the areas of Health Science, Humanities, Applied Social Science; in the fields of Physical Education, History, Communication, Administration, Sociology, Psychology, Education and Languages. In the summary of the research, Agricultural Sciences investigated supplementation and fields quality; in the Biological Sciences, anthropometric profile, energy output, biochemical and physiological parameters; in the Exact Sciences and Earth, probability in competitions, football matches tracking; in Engineering, stadiums structures, club management and game result prediction; in Multidisciplinar, fan clubs, historic and World Cup; in Linguistics, Languages and Arts, analysis of journalists articles, dictionaries and football speeches; in Health, training and injuries; in Applied Social Studies, clubs, marketing, employment agreement; in Humanities, identity, education, violence, religion and Indians; and in Physical Education, stress, the kick, women, physical aptitude and management of the base categories. In general analysis football has produced robust scientific knowledge, with certain disassociation of the scientific field, recurrence and fragmentation. The thesis proposes an interdisciplinary production of knowledge about football as a collective project, with an integration of areas, with new concepts, with dialogue, another vision of knowledge construction; through sharing via the practice communities, building relationships, with collective learning and engagement.

Sumário

INTRODUÇÃO, 25
1.1 OBJETIVO, 31
1.1.1 Objetivo Geral, 31
1.1.2 Objetivos Específicos, 31
1.1.2.1 Recuperar, do banco de teses da CAPES, os estudos das teses e dissertações dos programas de pós-graduação do Brasil sobre futebol, 31
1.1.2.2 Mapear, quantificar e descrever, de forma numérica e temática, as dissertações e teses para verificar a trajetória e tendências das áreas, instituições de ensino, pesquisadores, orientadores, nível de qualificação e distribuição temporal dos estudos ao longo da história da pesquisa no Brasil, 31
1.2.2.3 Identificar os principais objetivos, métodos e resultados das dissertações e teses, 32
1.2.2.4 Analisar as teses e dissertações procurando investigar os significados gerais dos estudos e objetivos, a organização do campo científico, os problemas das pesquisas, as áreas hegemônicas, a importância dos resultados, os avanços científicos e os novos
conhecimento, 32
1.2.2.5 Propor caminhos e traçar perspectivas para a produção científica brasileira em futebol, de forma interdisciplinar a partir das comunidades de prática, 32

2 REVISÃO DE LITERATURA, 33
2.1 CIÊNCIA E PRODUÇÃO DO CONHECIMENTO, 33
2.2 A UNIVERSIDADE BRASILEIRA DA GRADUAÇÃO À PÓSGRADUAÇÃO, 39
2.2.1 História da Universidade no Brasil, 40
2.2.2 Universidade brasileira em nossos dias, 42
2.2.3 Produção do conhecimento na universidade, 44
2.3 PRODUÇÃO DO CONHECIMENTO EM EDUCAÇÃO FÍSICA, 47
2.4 PRODUÇÃO DO CONHECIMENTO NO FUTEBOL NAS DIFERENTES ÁREAS DO CONHECIMENTO, 55
2.5 PESQUISAS QUE INVESTIGARAM A PRODUÇÃO DO
CONHECIMENTO SOBRE O FUTEBOL, 59
2.6 A INTERDISCIPLINARIDADE NA PRODUÇÃO DO CONHECIMENTO: UM CAMINHO ALTERNATIVO, COMPLEMENTAR E INOVADOR QUE PODE SER UTILIZADO PELAS PESQUISAS SOBRE FUTEBOL, 62
2.7 COMUNIDADES DE PRÁTICA: ESTRATÉGIA PARA CONSTRUIR AS PESQUISAS QUE TRABALHARAM COM FUTEBOL, 71

3 MÉTODOS, 79
3.1 CARACTERIZAÇÃO DO ESTUDO, 79
3.2 DELIMITAÇÃO DA TESE, 79
3.3 ELABORAÇÃO DO REFERENCIAL TEÓRICO, 80
3.4 PROCEDIMENTOS E TÉCNICAS PARA COLETA DOS DADOS, 80
3.4.1 Preparação dos dados, 81
3.4.2 Seleção e organização das teses de doutorado e dissertações de mestrado, 82
3.4.3 Critérios de seleção das teses e dissertações: pesquisas incluídas, 84
3.4.4 Dissertações e teses excluídas da pesquisa,85 
3.5 ANÁLISE DOS DADOS, 86
3.5.1 Análise dos indicadores das dissertações e teses, 87
3.5.2 Análise dos Resumos das teses e dissertações, 88
3.5.2.1 Preparação dos resumos, 89
3.5.2.2 Categorização dos resumos das teses e dissertações, 90
3.5.2.3 Análise dos resumos das teses e dissertações, 90

4 RESULTADOS E DISCUSSÃO, 93
4.1 ANÁLISE DOS INDICADORES DAS DISSERTAÇÕES E TESES, 93
4.1.1 Distribuição dos estudos por grandes áreas do conhecimento, 93
4.1.2 Distribuição dos estudos por áreas do conhecimento, 96
4.1.3 Distribuição das principais temáticas abordadas, 100
4.1.4 Frequência das principais palavras-chave, 104
4.1.5 Distribuição dos estudos pelo método de abordagem do problema, 107
4.1.6 Distribuição dos estudos por região,110
4.1.7 Distribuição dos estudos por estados, 114
4.1.8 Distribuição dos estudos de mestrado por instituição de ensino, 116
4.1.9 Distribuição dos estudos de doutorado por instituições de ensino,121
4.1.10 Distribuição dos estudos de mestrado e doutorado no ensino público e privado, 124
4.1.11 Distribuição das dissertações por ano de defesa,126
4.1.12 Distribuição das teses por ano de defesa, 128
4.1.13 Distribuição das dissertações e teses por nível de qualificação, 131
4.1.14 Distribuição do volume de produção por gênero dos autores, 133
4.1.15 Distribuição do volume de produção dos principais orientadores, 134
4.2 ANÁLISE DOS RESUMOS DAS TESES E DISSERTAÇÕES,137
4.2.1 Futebol e as Ciências Agrárias, 137
4.2.2 Futebol e as Ciências Exatas e da Terra, 140
4.2.3 Futebol e as Engenharias, 145
4.2.4 Futebol e as Ciências Biológicas, 151
4.2.5 Futebol e as Ciências da Saúde, 154
4.2.5.1 Futebol e a Educação Física, 162
4.2.6 Futebol e a grande Área Multidisciplinar, 172
4.2.7 Futebol e a Linguística Letras e Artes, 178
4.2.8 Futebol e as Ciências Sociais Aplicadas, 183
4.2.9 Futebol e as Ciências Humanas,192
4.3 PROPOSIÇÕES PARA PRODUZIR CONHECIMENTO SOBRE FUTEBOL ,203
CONSIDERAÇÕES FINAIS, 213

5.1 PROPOSTAS DE NOVAS INVESTIGAÇÕES SOBRE O ESTADO DO CONHECIMENTO DO FUTEBOL, 222
5.2 LIMITAÇÕES DA TESE, 223

REFERÊNCIAS, 225

Referência

FENSTERSEIFER, Alex Christiano Barreto. Produção científica sobre futebol: uma investigação do estado do conhecimento das dissertações e teses produzidas no Brasil. 2016. 281 f. Tese (Doutorado em Educação Física) - Centro de Desportos, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2016.