Projeto FIFA “Os 11 pela Saúde”: uma análise qualitativa

Autores

Simone Rechia, Pedro Augusto Schaeffer, Emília Amélia Pinto Costa Silva, Luize Moro

Periódico / Revista

Pensar a Prática

Cidade

Goiânia

Volume

v.18

Número

n.4

Ano

2015

Área de concentração

Educação Física

ISSN

1415-4676

Resumo (pt)

O projeto “Os 11 pela Saúde” trata-se de uma iniciativa da FIFA, desenvolvido nas aulas de Educação Física em algumas das cidades-sede da Copa do Mundo. No entanto questiona-se: Os objetivos e métodos do projeto “Os 11 pela Saúde” atendem as reais necessidades da comunidade local? Desta forma, este artigo apresenta um estudo documental que teve o objetivo de analisar o projeto da FIFA “Os 11 pela Saúde” para identificar como são abordadas as áreas da Saúde, Educação, Esporte e Lazer. Utilizou-se a análise de conteúdo temática. Percebeu-se que o projeto tem uma perspectiva higienista e algumas das suas perspectivas não condiz com a realidade brasileira. Observou-se que é necessário um diálogo mais próximo entre os organizadores do projeto, professores de Educação Física, escola e a comunidade em geral, para que valores como Saúde, Educação, Esporte e Lazer sejam concretizados a partir das fragilidades e interesses da população.

Abstract

The project “The 11 for Health” is a FIFA initiative, developed in physical education classes in some of the host cities for the World Cup. However wonders: The goals and methods of the “The 11 for Health” meet the real needs of the local community? Thus, this article presents a documentary study that aims analyzing the FIFA project “The 11 for Health” to identify how it addresses to the areas of Health, Education, Sports and Leisure. We used the method of thematic content analysis. It was realized that the project has a hygienist perspective and that some of their perspectives aren’t consistent with the Brazilian reality. It was observed that it is necessary a closer dialogue between the organizers of the project, physical education teachers, school and the community in general so that values such as Health, Education, Sports and Leisure could be accomplished from the weaknesses and interests of the population.

Resumo (outro idioma)

El proyecto “Los 11 por la Salud” se trata de una iniciativa de la FIFA, desarrollado en las clases de Educación Física en algunas de las ciudades anfitrionas de la Copa Mundial. Sin embargo se pregunta: ¿Los objetivos y los métodos del proyecto”Los 11 por la Salud” satisfacen las necesidades reales de la comunidad local? De esta forma, este artículo se presenta un estudio documental que tuvo como objetivo analizar el proyecto de la FIFA “Los 11 por la Salud” para identificar cómo son abordadas las áreas de Salud, Educación, Deportes y Ocio. Se utilizó el análisis de contenido temático. Se consideró que el proyecto tiene una perspectiva higienista y algunos de sus puntos de vista no son coherentes con la realidad brasileña. Se observó que es necesario un diálogo más estrecho entre los organizadores del proyecto, los profesores de Educación Física, la escuela y la comunidad en general para que los valores tales como Salud, Educación, Deportes y Tiempo Libre sean concretizados a partir de las debilidades e intereses de la población.

Referência

RECHIA, Simone; SCHAEFFER, Pedro Augusto; SILVA, Emília Amélia Pinto Costa; MORO, Luize. Projeto FIFA “Os 11 pela Saúde”: uma análise qualitativa. Pensar a Prática. Goiânia, v.18, n.4, 2015.

Acesse o site da revista Pensar a Prática