Quantas vezes, o que e como a seleção brasileira de futebol feminino foi noticiada? Analisando a cobertura esportiva da Folha de S. Paulo em 2015

Autores

Miguel Archanjo de Freitas Junior, Bruno José Gabriel

Periódico / Revista

Recorde: Revista de História do Esporte

Cidade

Rio de Janeiro

Volume

v. 11

Número

n. 1

Páginas

p. 1-27

Ano

2018

ISSN

1982-8985

Resumo (pt)

O objetivo deste estudo foi verificar e analisar quantas vezes, o que e como a seleção brasileira de futebol feminino e as suas jogadoras foram noticiadas, durante o ano de 2015, pelo caderno de esporte da Folha de S.Paulo. Para tanto, optou-se pelos desígnios metodológicos da Análise de Conteúdo, pois estes direcionam os pesquisadores na verificação analítica dos diversos tipos de discursos, entre eles o jornalístico. Diante da análise dos resultados, concluiu-se que tal cobertura foi caracterizada pelo baixo número de publicações, e pela construção de realidades ausentes de disposições preconceituosas. As suas abordagens preponderaram sobre os desempenhos da equipe e das atletas brasileiras.

Palavras-chave: Futebol feminino; Jornalismo; Folha de S.Paulo; Gênero.

Abstract

The aim of this study was to verify and analyze how many times, what, and how the Brazilian women’s national soccer team and its players were reported by the sports section of Folha de S.Paulo in 2015. To that end, was opted for the use of methodological purposes of the Content Analysis, because they direct the researchers in the verification and in the analysis of the several types of discourses, among them, the ones found in newspapers. Through the treatment of the results, it was concluded that such coverage was characterized by the low number of published articles, and by the construction of absent realities of prejudices. Its approaches prevailed on the performances of Brazilian team and its athletes.

Keywords: Women’s soccer; Journalism; Folha de S.Paulo; Gender.

Resumo (outro idioma)

El objetivo de este estudio fue verificar y analizar cuántas vezes, qué y como la selección brasileña de fútbol feminino y sus jugadoras fueran relatadas por el cuaderno desportivo del periódico Folha de S.Paulo en 2015. Por lo tanto, se optó por la adopción de los propósitos de la metodologia Análisis de Contenido, porque esta dirige el investigador en la verificación analítica de los varios discursos, entre ellos el periodístico. A través del tratamiento de los resultados, se concluyó que tal cobertura fue caracterizada por la poca cantidad de matérias publicadas y por la construcción de realidades ausentes de prejuicios. Sus enfoques predominaron sobre los desempeños del equipo y de las atletas brasileñas

Palabras clave: Fútbol femenino; Periodismo; Folha de S.Paulo; Género.

Referência

FREITAS JUNIOR, Miguel Archanjo de; GABRIEL, Bruno José. Quantas vezes, o que e como a seleção brasileira de futebol feminino foi noticiada? Analisando a cobertura esportiva da Folha de S. Paulo em 2015. Recorde: Revista de História do Esporte. Rio de Janeiro, v. 11, n. 1, p. 1-27, 2018.