Quatro crônicas de futebol de rua [texto]

Autores

Braulio Tavares

Periódico / Revista

FuLiA / UFMG

Cidade

Belo Horizonte

Volume

v. 3

Número

n. 3

Páginas

p. 178-184

Ano

2018

Tema

Dossiê: Futebóis

ISSN

2526-4494

Resumo (pt)

Braulio Tavares nasceu, em 1950, em Campina Grande, Paraíba, e conviveu também intensamente com a cultura pernambucana. Mudou-se para o Rio de Janeiro em 1982, onde vive até os dias de hoje. É ficcionista, poeta, dramaturgo,tradutor, pesquisador de literaturas fantástica e de cordel, compositor e letrista, destacando-se suas parcerias com Lenine.

É organizador das coletâneas, Contos fantásticos no labirinto de Borges (2005), Freud e o estranho: contos fantásticos do inconsciente (2007) e Contos obscuros de Edgar Allan Poe (2010). Vencedor do Prêmio Jabuti de Literatura Infantil, em 2009, pela obra A invenção do mundo pelo Deus-Curumim, em parceria com Fernando Vilela.

Publicou o romance A máquina voadora (1994), os contos A espinha dorsal da memória (1989), vencedor da premiação portuguesa Caminho da Ficção Científica, os livros de poesia O homem artificial: poemas (1999) e O poder da natureza (2013), o ensaio O que é Ficção Científica, 1986. Dentre outras dezenas de livros

Braulio Tavares foi cronista semanal do jornal paraibano Jornal da Paraíba, onde publicou estas quatro crônicas em sua coluna, “Pelada e democracia”, “O futebol segundo Jairzinho”, “O lateral-esquerdo suspeitoso” e “O barra-a-barra”, que bem nos dizem sobre a sua perspectiva sobre o futebol amador.

Palavras-chave: Crônicas de futebol; Literatura e futebol; Futebol amador.

Referência

TAVARES, Braulio. Quatro crônicas de futebol de rua [texto]. FuLiA / UFMG. Belo Horizonte, v. 3, n. 3, p. 178-184, 2018.