Raposas e outsiders no futebol paranaense

Autores

Luiz Demétrio Janz Laibida

Subtítulo

um estudo sobre relações de poder e genealogia

Orientador

André Mendes Capraro

Banca

Ricardo Costa de Oliveira, Fargner Carnel, Luciana da Silva Teixeira, Mônica de Sousa Harrich Silva Goulart

Faculdade / Instituição

Setor Ciências Humanas, Universidade Federal do Parana

Tipo

Tese

Área de concentração

Doutorado em Sociologia

Ano

2016

Páginas

289

Cidade

Curitiba

Resumo (pt)

Esta tese tem como objetivo analisar como se configuram as relações de poder, na estrutura genealógica e de reprodução do mesmo, no interior dos quatro clubes de futebol da capital do Paraná (Atlético, Coritiba, Paraná e J.Malucelli), bem como avaliar a composição da Federação Paranaense de Futebol na esfera do poder. Utilizando-se de aspectos genealógicos para estabelecer relações entre a estrutura vigente dessas organizações e o poder político local, visto que, no Brasil, poucas regiões são tão expressivas pela dominação de grupos familiares como o Paraná, esta análise se justifica pela recorrência de vários nomes da política local que também se fazem presentes na elite do futebol (Requião, Mello, Malucelli, Fruet, pelos principais). Um instrumento usado para análise será o mapeamento das principais famílias que configuram o campo futebolístico paranaense e que também fazem parte da política do Estado. Para tanto, o universo empírico dessa análise é o mapeamento e excertos de trajetórias dos presidentes dos clubes de Curitiba e da Federação Paranaense de Futebol. Os aportes teóricos utilizados para a consecução deste trabalho serão delineados pelos constructos elaborados por Pierre Bourdieu, Roberto DaMatta, os clássicos da Sociologia, entre outros. A principal contribuição de uma análise nesses moldes, além de ser um mapeamento dos principais dirigentes do futebol paranaense, é a aproximação de um estudo das elites locais com os estudos do futebol, via transferências de capitais entre os campos, que possuem formas de recrutamentos diversos, mas que se estruturam e se consolidam a partir de uma mesma lógica: a da manutenção e reprodução de poder. Será desenvolvida, também, uma análise sintética do futebol inserido no campo da globalização, demonstrando as inferências mundiais na construção de novos paradigmas no poder local e, no caso do futebol, enfatizando os clubes do futebol da capital e quais os novos “perfis” de dirigentes dos clubes advindos do processo de globalização foram estabelecidos, ou seja, “as raposas” e os “outsiders” do futebol aliadas à lógica mercadológica, que trata o futebol como um negócio, enaltecendo o marketing, patrocínios de multinacionais, além do perfil do administrador de empresas para presidir os clubes de futebol.

Abstract

This thesis aims to analyze how to configure the power relations in the family structure and reproduction of the same, within the four football clubs in the capital of Paraná (Atlético, Coritiba, Paraná and J.Malucelli), and to evaluate the makeup Paranaense Football Federation in the sphere of power. Using genealogical aspects to establish relationships between the existing structure of these organizations and the local political power, as in Brazil, few regions are so significant for domination of family groups as the Paraná, this analysis is justified by the recurrence of various names local politics that are also present in the elite football (Requiao, Mello Malucelli, Fruet, the main). An instrument used for analysis is the mapping of the main families that form the Paranaense football field and which also form part of government policy. Thus, the empirical universe of this analysis is the mapping and trajectories of extracts from the presidents of the clubs of Curitiba and Paranaense Football Federation. The theoretical framework used to achieve this work will be outlined by the constructs developed by Pierre Bourdieu, Roberto Da Matta, the classics of sociology, among others. The main contribution of an analysis along these lines, as well as being a mapping of the main leaders of the Paranaense football, is the approach of a study of local elites with football studies, via capital transfers between the fields, which have shapes of several recruitments but that are structured and consolidated from the same logic: the maintenance and reproduction of power. Also it will develop a synthetic analysis of the inserted football in the field of globalization, demonstrating global inferences in the construction of new paradigms in local government and in the case of football, emphasizing the capital’s football club and what new “profiles” leaders of arising clubs of the globalization process have been established, ie “foxes” and “outsiders” of football combined with market logic, which treats football as a business, highlighting marketing, multinational sponsorships, in addition to profile business administrator to head the football clubs.

Resumo (outro idioma)

Esta tesis tiene como objetivo analizar la forma de configurar las relaciones de poder en la estructura familiar y la reproducción de la misma, dentro de los cuatro clubes de fútbol en la capital de Paraná (Atlético, Coritiba, Paraná y J.Malucelli), y para evaluar la maquillaje Paranaense Federación de Fútbol en el ámbito de la energía. Usando aspectos genealógicos para establecer relaciones entre la estructura existente de estas organizaciones y el poder político local, como en Brasil, algunas regiones son tan importantes para la dominación de los grupos familiares como el Paraná, este análisis se justifica por la recurrencia de los diversos nombres la política local que también están presentes en el fútbol de élite (Requião, Mello Malucelli, Fruet, la principal). Un instrumento utilizado para el análisis es el mapeo de las familias principales que forman el campo de fútbol y Paranaense, que también forman parte de la política del gobierno. Por lo tanto, el universo empírico de este análisis es el mapeo y trayectorias de los extractos de los presidentes de los clubes de Curitiba y la Federación Paranaense de Fútbol. El marco teórico utilizado para lograr este trabajo se pondrá de relieve por las construcciones desarrolladas por Pierre Bourdieu, Roberto Da Matta, los clásicos de la sociología, entre otros. La principal contribución de un análisis a lo largo de estas líneas, además de ser un mapeo de los principales dirigentes del fútbol paranaense, es el enfoque de un estudio de las élites locales con los estudios de fútbol, a través de las transferencias de capital entre los campos, que tienen formas de varios reclutamientos pero que están estructurados y consolidados de la misma lógica: el mantenimiento y reproducción de la fuerza. También se desarrollará un análisis sintético del fútbol se inserta en el campo de la globalización, lo que demuestra inferencias globales en la construcción de nuevos paradigmas en el gobierno local y en el caso del fútbol, haciendo hincapié en el club de fútbol de la capital y qué nuevos “perfiles” dirigentes de los clubes que surjan del proceso de globalización se han establecido, es decir, “zorros” y “extraños” de fútbol combinado con la lógica del mercado, que trata el fútbol como un negocio, destacando el marketing, patrocinios multinacionales, además de su perfil administrador de empresas para dirigir los clubes de fútbol.

Sumário

INTRODUÇÃO, 20

CAPÍTULO 1 – ENQUADRAMENTO TEÓRICO E REVISÃO BIBLIOGRÁFICA, 31
1.1 O futebol como categoria de análise sociológica, 34
1.2 A teoria de Pierre Bourdieu para a análise do campo futebolístico, 41
1.3 A categoria família como estrutura estruturante para analisar o estado do Paraná, 44
1.4 O conceito de geração para Mannheim e memória para Halbwachs, 47

CAPÍTULO 2 – AS RAPOSAS E OS OUTSIDERS DO NOSSO FUTEBOL: DIMENSÕES SOCIOLÓGICAS, HISTÓRICAS E SOCIOCULTURAIS, 52
2.1 Traços biográficos de dirigentes do futebol em Curitiba, 53
2.2 Excertos históricose genealógicos do futebol em Curitiba, 58

CAPÍTULO 3 –“OS DONOS DA BOLA”: FEDERAÇÃO PARANAENSE DE FUTEBOL, OS CLUBES DE FUTEBOL PROFISSIONAL DA CAPITAL E OS CLUBES PIONEIROS NO FUTEBOL PARANAENSE, 66
3.1 FederaçãoParanaense de Futebol, 67
3.2 Coritiba Football Club, 81
3.3 Clube Atlético Paranaense, 96
3.4 Savóia Futebol Clube/Água Verde (Esporte Clube Brasil) (Savóia-Água
Verde), 122
3.5 Britânia Sport Club, 131
3.6 Palestra Itália, 137
3.7 Clube Atlético Ferroviário, 140
3.8 Colorado Esporte Clube, 145
3.9 Pinheiros Esporte Clube, 149
3.10 Paraná Clube, 152
3.10 JMalucelli Futebol S/A,158
3.7 “Pioneiros” e “Passageiros” Futebol Clube, 162

CAPÍTULO 4 – FUTEBOL E GLOBALIZAÇÃO: REVISITANDO AS RAPOSAS E OUTSIDERS, 165
4.1 Globalização e a Mercadorização do Futebol,169
4.2 O Futebol Moderno e Global: o Processo de Institucionalização, o Marketing e a Ideologia de Consumo, 172
4.3 A “Desinstitucionalização” do Futebol: das Representações Cotidianas ao
“Business”, 192

5 CONSIDERAÇÕES FINAIS, 196

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS, 200

Referência

LAIBIDA, Luiz Demétrio Janz. Raposas e outsiders no futebol paranaense: um estudo sobre relações de poder e genealogia. 2016. 289 f. Tese (Doutorado em Sociologia) - Setor Ciências Humanas, Universidade Federal do Parana, Curitiba, 2016.