Relação entre marcadores de dano tecidual e desempenho físico com a intensidade e ações técnicas no jogo de futebol sub-20

Autores

Dagnou Pessoa de Moura

Orientador

Julio Wilson Santos

Banca

Camila Buonani da Silva, João Paulo Borin

Faculdade / Instituição

Faculdade de Ciências, Universidade Estadual Paulista

Tipo

Dissertação

Área de concentração

Mestrado em Ciências

Ano

2018

Páginas

69

Cidade

Bauru

Resumo (pt)

O futebol é um esporte com ações de alta intensidade, implicando em aumento de dano tecidual, que pode ser mensurado pela análise de marcadores bioquímicos, como a creatina quinase (CK), lactato desidrogenase (LDH) e mioglobina (Mb). Os testes físicos mais utilizados para determinar a aptidão física dos jogadores são: teste aeróbio intermitente de Yo-yo, velocidade de 10 e 30 metros, corridas repetidas anaeróbias (RSA, 6 x 20-20 m) e impulsão vertical squat e contra movimento (IVSQUAT e IVCMV). Entretanto, a relação entre o nível de aptidão física do jogador, seu desgaste durante a partida com a intensidade na qual ele joga e com as ações técnicas é pouco estudada. Diante disso, o presente estudo tem como objetivo: verificar se os jogadores que apresentam melhor desempenho nos testes físicos também têm maior participação com a bola e jogam em maior intensidade; verificar quais indicadores de dano muscular no jogo se relacionam com a aptidão física, as ações técnicas e a intensidade do jogo de futebol; bem como, verificar a relação entre CK, LDH e Mb com a intensidade do jogo. O presente estudo contou com 11 jogadores de futebol de uma equipe participante do Campeonato Paulista da primeira divisão. Os jogadores passaram por avaliação antropométrica e avaliação das capacidades físicas (Yo-yo, RSA, 10 e 30 metros e IV). A FC do jogo foi monitorada durante duas partidas oficiais para determinar a carga do jogo, pelo impulso de treinamento (TRIMP). Duas horas antes do início e após o jogo foram coletadas amostras de sangue (5 mL) para dosagem de Mb (pré-jogo e 30 min) e CK e LDH (pré-jogo e 24 h). As partidas foram filmadas para determinar as ações técnicas dos jogadores. A normalidade dos dados foi verificada com o teste de Shapiro-Wilk. Para determinar se houve diferença pré e pós-jogo entre CK, LDH e Mb foi realizado o teste – t Student. A relação entre os testes de aptidão física e ações técnicas, marcadores de dano tecidual e FC do jogo foi feita por meio da correlação de Pearson. O nível de significância foi fixado em p≤0,05. LDH correlacionou-se significantemente com os 10-m, enquanto que a Mb apresentou correlação com RSAdecai , IVCMV, 10-m e 30-m. TRIMP do jogo apresentou correlação com bola perdida, finalização certa e errada, Yo-yo e RSAmelhor. O número de desarmes teve correlação com o Yo-yo, RSAmelhor, 30-m, IVSQUAT e IVCMV, já os passes certos correlacionaram-se com IVSQUAT e os contatos com a bola com RSAmelhor, IVSQUAT e IVCMV. Mb apresentou maior sensibilidade com a aptidão física dos jogadores, em comparação com CK e LDH. TRIMP do jogo não tem relação com os marcadores de dano tecidual e, por fim, os jogadores com maior aptidão física apresentam melhores desempenhos técnicos.

Abstract

Soccer is a sport with high intensity actions, involving an increase in tissue damage, which can be measured by the analysis of biochemical markers such as creatine kinase (CK), lactate dehydrogenase (LDH) and myoglobin (Mb). The physical tests most used to determine the physical fitness of the players are: Yoyo intermittent aerobic test, 10 and 30 meters speed, repeated anaerobic races (RSA, 6 x 20-20 m) and vertical squat and counter-movement (IVSQUAT and IVCMV). However, the relationship between the level of physical fitness of the player, his wear during the match with the intensity in which he plays and the technical actions is little studied. Therefore, the present study has as objective: to verify if the players that present better performance in the physical tests also have higher participation with the ball and play in higher intensity; to verify which indicators of muscle damage in matches relate to physical fitness, technical actions and intensity of the soccer match; as well as, to verify the relationship among CK, LDH and Mb with the intensity of the match. The present study had 11 soccer players from a team participating in the First Division Paulista Championship. The players underwent anthropometric evaluation and assessment of physical abilities (Yo-yo, RSA, 10 and 30 meters and IV). The HF of the game was monitored during two official matches to determine the loading of the game by the training impulse (TRIMP). Two hours before and after the game blood samples (5 mL) were collected for MB (pre-game and 30 min) and CK and LDH (pre-game and 24 h) dosages. The matches were filmed to determine the technical actions of the players. The normality of the data was verified with the Shapiro-Wilk test. In order to determine if there was pre and postmatch difference between CK, LDH and Mb, Student-t-test was performed. The relationship between physical fitness tests and technical actions, markers of tissue damage and HR of the game was made through Pearson’s correlation. The level of significance was set at p≤0.05. LDH was significantly correlated with 10-m, whereas Mb presented correlation with RSAdecai, IVCMV, 10-m and 30-m. TRIMP of the game presented correlation with lost ball, right and wrong finalization, Yo-yo and RSAbetter. The number of disarranges correlated with the Yo-yo, RSAbetter, 30-m, IVSQUAT and IVCMV, and the correct passes correlated with IVSQUAT and the contacts with the ball with RSAbetter, IVSQUAT and IVCMV. Mb presented greater sensitivity with the physical fitness of the players compared to CK and LDH. TRIMP of the game has no relation with the markers of tissue damage and, finally, the players with greater physical aptitude present better technical performances.

Sumário

1 INTRODUÇÃO, 11

2 REVISÃO DE LITERATURA, 14
2.1 Característica do futebol, 14
2.2 Indicadores de carga de treinamento, 16
2.3 Marcadores de dano muscular, 17
2.4 Indicadores de desempenho no futebol, 20
2.5 Análise técnica dos jogadores de futebol, 24

3 OBJETIVOS, 26
3.1 Objetivo Geral, 26
3.2 Objetivo Específico, 26

4 MATERIAL E MÉTODO, 27
4.1 Amostra, 27
4.2 Desenho experimental,  27
4.3 Composição corporal, 29
4.4 Capacidades físicas, 29
4.4.1 Avaliação de aptidão aeróbia intermitente, 29
4.4.2 Avaliação da velocidade, 30
4.4.3 Avaliação da capacidade anaeróbia, 30
4.4.4 Avaliação de potência de membros inferiores, 31
4.5 Análises bioquímicas, 31
4.6 Frequência Cardíaca, 32
4.7 Ações técnicas, 32
4.8 Análise Estatística, 33

5 RESULTADOS, 35

6 DISCUSSÃO, 42

7 Conclusões, 48

REFERÊNCIAS, 49
APÊNDICE 1, 63
APÊNDICE 2, 66

Referência

MOURA, Dagnou Pessoa de. Relação entre marcadores de dano tecidual e desempenho físico com a intensidade e ações técnicas no jogo de futebol sub-20. 2018. 69 f. Dissertação (Mestrado em Ciências) - Faculdade de Ciências, Universidade Estadual Paulista, Bauru, 2018.