A Reação Republicana e a imprensa carioca no VI Sul-Americano de futebol em 1922: uma análise nas páginas de O Imparcial e Correio da Manhã

Autores

Eduardo de Souza Gomes

Periódico / Revista

Âncora - Revista Latino-americana de Jornalismo

Cidade

João Pessoa

Volume

v. 29

Número

n. 1

Páginas

p. 147-171

Ano

2017

ISSN

2359-375X

Resumo (pt)

Buscamos neste artigo analisar os olhares produzidos por parte da imprensa carioca acerca do VI Sul-Americano de Seleções de futebol, ocorrido em 1922 no Rio de Janeiro como parte dos festejos do centenário da independência do Brasil. De forma mais específica, buscaremos destacar como esse torneio foi abordado em O Imparcial e Correio da Manhã, tendo esses dois periódicos realizado críticas ao regime político vigente no período e se alinhado favoráveis à Reação Republicana, movimento iniciado em 1921 e que buscou quebrar a lógica da Política dos Governadores no Brasil. Entendemos como importante a análise dessas fontes jornalísticas para a melhor compreensão deste objeto, tendo em vista que foram construídos diferentes olhares que nos possibilitam melhor entender as relações entre o futebol, a nação e a sociedade brasileira nos primórdios dos anos 1920.

Palavras-chave Imprensa; Jornalismo e História; Imprensa brasileira; Futebol; Nação

Abstract

We seek with this article to analyze part of Rio de Janeiro’s press produced views about the VI National South-American tournament of football, which took place in 1922 at Rio de Janeiro as part of the celebrations for Brazil’s independence centenarian. Specifically, we seek with this to highlight how this tournament was covered by O Imparcial (The Impartial) and Correio da Manhã (Morning Courier), having these two papers criticized the political regime running at that time however favorable to the Republican Reaction, a trend started in 1921 which quested for breaking the logics of the Politics of the Governors of Brazil. We see as important the analysis of these journalist sources for better comprehension of this object, considering they left as a result different views allowing an easier understanding of the relations among football, the nation and the Brazilian society at the prime of the 1920’s.

Keywords Press; Journalism and History; Brazilian press; Football; Nation.

Referência

GOMES, Eduardo de Souza. A Reação Republicana e a imprensa carioca no VI Sul-Americano de futebol em 1922: uma análise nas páginas de O Imparcial e Correio da Manhã. Âncora - Revista Latino-americana de Jornalismo. João Pessoa, v. 29, n. 1, p. 147-171, 2017.