Teste à validade do questionário de coesão de grupo em atletas de futebol

Autores

Dário Alexandre Gomes Neto

Orientador

António Fernando Boleto Rosado

Banca

Victor Manuel dos Santos Silva Ferreira, Ana Sofia Pedrosa Gomes dos Santos

Faculdade / Instituição

Universidade Técnica de Lisboa

Tipo

Dissertação

Área de concentração

Mestrado em Treino de Alto Rendimento

Ano

2011

Páginas

41

Cidade

Lisboa

Resumo (pt)

O propósito deste estudo foi duplo: (1) determinar se a aplicação do Group Environment Questionnaire (GEQ), que na versão portuguesa tem a denominação de Questionário de Ambiente de Grupo (QAG), é uma medida válida para estimar a coesão de grupo, procurando-se, através da análise factorial confirmatória (AFC), verificar as qualidades psicométricas da versão portuguesa da escala no contexto do futebol português; (2) estudar a variabilidade da coesão em função de algumas variáveis influenciadoras como o género, a idade, os anos de prática e o nível de escolaridade dos praticantes de futebol. Participaram 186 atletas federados praticantes de futebol 11 do sexo masculino (N=173) e feminino (N=13) com idades compreendidas entre os 11 e os 35 anos (M=15.21, DP=3.09). No que diz respeito aos valores de ajustamento global do modelo resultantes da AFC, a solução final, com 12 itens, apresentou um ajustamento adequado: χ²(50) =99.3; p< .000; χ²/df = 1.9; CFI= .9, GFI= .9, PCFI= .7, PGFI= .6, RMSEA= .07. Os resultados da fiabilidade da solução final do QAG, constituído por 12 itens, revelou valores de consistência interna entre α= 0.74 para a dimensão Integração no Grupo em relação aos aspectos Sociais e α= .83. No entanto, a análise de alguns índices de ajustamento local não foram satisfatórios. Por outro lado, as variáveis individuais estudadas influenciam a coesão dos grupos.

PALAVRAS-CHAVE Análise Factorial Confirmatória, Coesão, Futebol, Group Environment Questionnaire, Questionário de Ambiente de Grupo, Validação.

Abstract

The purpose of this study was twofold: (1) determine whether the application of the Group Environment Questionnaire (GEQ), which in the Portuguese version has the name of Questionário de Ambiente de Grupo (QAG) is a valid measure for estimating group cohesion, seeking, through confirmatory factor analysis (CFA), ensure the psychometric qualities of the Portuguese version of the scale in the context of Portuguese football; (2) study the variability of cohesion suitable to some influential variables such as gender, age, years of practice and level of education of the football players. In this study participated 186 athletes males (N = 173) and females (N = 13), federated in football, with aged between 11 and 35 years (M = 15.21, SD = 3.09). With regard to the values of the model’s overall adjustment resulting from the AFC, the final solution, with 12 items, presented an appropriate adjustment: χ²(50) =99.3; p< .000; χ²/df = 1.9; CFI= .9, GFI= .9, PCFI= .7, PGFI= .6, RMSEA= .07. The results of the reliability of the final solution of the QAG, consisting of 12 items showed internal consistency of α = 0.74 for the scale Integration Group in relation to social and α = .83. However, the analyses of some local indices of fit were not satisfactory. On the other hand, the individual variables studied influence group cohesion.

KEYWORDS Confirmatory Factor Analysis, Cohesion, Football, Group Environment Questionnaire, Questionario de Ambiente de Grupo, Validation.

Sumário

INTRODUÇÃO, 1

MÉTODO, 10
Participantes, 10
Instrumento, 10
Procedimento de recolha de dados, 12
Procedimentos estatísticos, 12

RESULTADOS, 13
Estudo 1: Validade da escala de coesão, 13
Estudo 2: Comparações entre variáveis individuais género, nível etário, nível de ensino e anos de prática da modalidade com a coesão, 18

DISCUSSÃO E CONCLUSÃO, 21
Questionário do Ambiente no Grupo Original (aplicado), .26
Questionário do Ambiente no Grupo Adaptado (derivado dos resultados obtidos), 28

REFERÊNCIAS, 29

Referência

GOMES NETO, Dário Alexandre. Teste à validade do questionário de coesão de grupo em atletas de futebol. 2011. 41 f. Dissertação (Mestrado em Treino de Alto Rendimento) - Universidade Técnica de Lisboa, Lisboa, 2011.