Grupo de Estudos sobre Futebol dos Estudantes da Unifesp (GEFE)

Lançado por estudantes dos cursos de Ciências Sociais e História em 2015, este Grupo de Estudos realiza encontros, na maioria das vezes, mensais e é aberto a alunos e ex-aluno da universidade, e de outras instituições de ensino e pesquisa. Considerando o esporte e principalmente o futebol como um campo autônomo passível de análises, seus membros reúnem-se em temas como nacionalismos, identidades, violências, disposições corporais do torcer e do jogar, entre outros eixos temáticos relacionados ao ludopédio. O objetivo do grupo é perceber e discutir a partir das leituras interdisciplinares de áreas como sociologia, antropologia, história, letras e educação física questões que ora pertencem aos problemas inerentes ao campo futebolístico, ora são compartilhados por demais campos sociais, como políticos, econômicos, culturais e de gênero. Além dos estudos de textos teóricos, a abordagem do grupo aponta, também, para casos do cotidiano, como a discussão acerca da homofobia e do racismo nos estádios nacionais e estrangeiros, as manifestações de torcedores organizados e a sua relação com o poder estabelecido (policiais, federações e alguns meios de comunicação) e a paulatina elitização dos espaços futebolísticos.

Love the game, hate the business