Memória Futebol Clube

Letícia Marcolan, Marcus Vinícius Costa Lage, Mariana Brescia

 

Em abril de 2020, com a pandemia de Covid-19 virando o mundo de ponta cabeça, três filhos da Puc Minas decidiram se unir para dar início a um projeto que colocava em diálogo suas paixões pelo futebol e seus ofícios de historiador. Dessa maneira nasceria o Memória FC; a priori, uma página no Instagram destinada a reverberar efemérides, divulgar curiosidades, contar causos, brincar com as tradições do futebol brasileiro e mundial.

Com poucos dias de vida, a iniciativa ganhou novos contornos. Em busca de maior agilidade nas interações, o Memória FC também passou a dar seus pontapés no Twitter.  E, reconhecendo os limites para a circulação e produção de conhecimento histórico impostos pelas redes sociais, o coletivo deu alguns dos primeiros passos no sentido de se formalizar como um Grupo de Pesquisa e Estudo sobre o futebol no campo das Ciências Humanas, realizando seu primeiro encontro para discussão de texto e organização da produção de artigos científicos e conteúdos digitais.

Assim, a intenção é a de que o Memória FC se converta em: um grupo de estudo cadastrado no Diretório do Cnpq, com reuniões mensais, para debater textos e receber pesquisadores consolidados do campo; um grupo de pesquisa com produção regular de artigos científicos e conteúdo digital em suas contas nas redes sociais sobre a memória cultural do futebol; e, futuramente, um coletivo que presta serviços de pesquisa e consultoria na organização de acervos, centros de memórias e obras literárias de referência sobre o esporte mais popular do mundo.