Ataque inspirado

Portal da Copa

A Seleção Brasileira goleou Honduras por 5 x 0 na noite deste sábado (16.11), em amistoso disputado no Estádio Sun Life, em Miami (Estados Unidos). Os gols brasileiros foram marcados por Bernard, Dante, Maicon, Willian e Hulk. Do lado hondurenho, houve um destaque negativo: a equipe abusou das faltas e jogadas violentas.

As duas seleções poderão se enfrentar novamente em 2014, já que o Brasil (país-sede) e Honduras estão classificados para a Copa do Mundo.

O jogo foi o penúltimo da Seleção Brasileira em 2013. No próximo dia 19, Brasil e Chile se enfrentarão em Toronto.

Lances
A primeira oportunidade do Brasil surgiu aos 5 minutos. Oscar foi derrubado por Figueroa perto da área hondurenha. Neymar cobrou por cima do gol. Aos nove minutos, Honduras chegou com perigo. Após cobrança de falta pela direita, o goleiro Victor saiu errado, mas o atacante Costly cabeceou para fora.

Aos 14, o Brasil quase abriu o placar em dois lances seguidos. Neymar fez um lindo passe para Bernard, que cruzou para o centro da pequena área. A defesa conseguiu evitar o gol e, na saída de bola, Paulinho interceptou e avançou para a área. O chute saiu cruzado e Valladares conseguiu defender.

A pressão brasileira deu resultado. Aos 21 minutos, Paulinho conseguiu roubar mais uma vez a bola e, pela ponta direita, cruzou para Bernard, sozinho, completar para as redes. Foi o primeiro gol dele com a camisa da Seleção.

Bernard teve mais uma oportunidade, aos 28 minutos. Dante fez longo lançamento e encontrou o atacante na entrada da grande área. O goleiro Valladares conseguiu dificultar a finalização e evitou o segundo gol.

O goleiro Valladares fez outra grande defesa após um chute forte de Neymar, que havia recebido um ótimo lançamento de Oscar, aos 36 minutos. No momento seguinte à conclusão, Bernardez atingiu o atacante brasileiro, que ficou caído no gramado.

Nos minutos finais, o Brasil ainda teve três boas oportunidades: Neymar entrou driblando e caiu na área, sem conseguir concluir; aos 44, Maxwell deu um belo drible no lateral-direito e, na hora de chutar, já dentro da pequena área, a bola foi prensada e saiu pela linha de fundo; na cobrança do escanteio, Dante quase conseguiu tocar na bola, mas a zaga tocou antes.

O segundo tempo começou com muitas jogadas violentas por parte dos hondurenhos. Neymar foi atingido em três ocasiões seguidas.

O Brasil ampliou aos 9 minutos. Neymar cobrou falta pela esquerda do ataque. Dante cabeceou e a bola desviou em dois defensores antes de ultrapassar a linha.

O terceiro gol brasileiro saiu aos 20 minutos. Ramires cruzou pela direita, Robinho ajeitou de cabeça para Paulinho. O volante brasileiro chutou fraco e o goleiro Valladares conseguiu espalmar, mas a bola caiu no pé direito do Maicon, livre e de frente para o gol.

Willian também aproveitou a sua chance e ampliou o placar, aos 25 minutos. Hulk, que havia entrado no lugar de Neymar há poucos minutos, foi até a linha de fundo pela esquerda e encontrou Willian no meio da área. Ele só deslocou o goleiro.

O ataque brasileiro estava inspirado. Willian roubou a bola, inverteu a jogada e encontrou Ramires pela direita. O volante tocou de calcanhar para Robinho, que também fez belo toque de calcanhar para Hulk, que tirou o zagueiro da jogada com um toque, antes de finalizar de esquerda. O goleiro Valladares não teve chance de evitar o quinto gol, aos 28 minutos.

BRASIL 5 x 0 Honduras

Brasil
Victor; Maicon, David Luiz, Dante e Maxwell (Lucas Leiva); Luiz Gustavo, Paulinho e Oscar (Ramires); Neymar (Hulk), Bernard (Willian) e Jô (Robinho). Técnico: Luiz Felipe Scolari

Honduras
Valladares;Arnold Peralta, Víctor Bernárdez (Juan Pablo Montes), Maynor Figueroa e Izaguirre; Jorge Claros, Roger Espinoza (Martin Chávez), Wilson Palacios e Oscar García (Andy Najar); Carlos Costly e Bengston (Edder Delgado). Técnico: Luis Suárez

 

Fonte: