Brasil faz 4 a 0 em cima da Turquia e chega à quinta vitória em cinco jogos

Agência Brasil

Com algumas novidades em relação à base que vinha montado, a Seleção Brasileira passou com facilidade pela Turquia, que jogava diante de sua torcida. O Brasil goleou os donos da casa por 4 a 0, marcando três vezes ainda no primeiro tempo. Neymar e Willian lideraram o ataque verde e amarelo, que ainda foi favorecido por um gol contra de Kaya. Esta é a quinta vitória nos cinco amistosos realizados desde que Dunga voltou ao comando do time nacional.

O Brasil mexeu no placar logo aos 19 minutos do primeiro tempo. Do campo de defesa, Fernandinho acertou um lindo lançamento para Neymar, nas costas da defesa. O craque matou no peito, partiu com a bola dominada e tocou na saída do goleiro Demirel. Quatro minutos depois, aos 23, o time verde e amarelo dobrou a vantagem com um gol contra: o lateral-direito Danilo cruzou na área, procurando Luiz Adriano na grande área, mas Kaya se antecipou e, na tentativa de cortar, acabou colocando contra o próprio gol.

Depois de levar os dois gols e pressionada por sua torcida, a Turquia saiu para o jogo, mas esbarrou nas defesas de Diego Alves e nas intervenções da zaga verde e amarela. O Brasil passou a explorar os erros e espaços deixados pelos anfitriões e partir em velocidade, principalmente nos contra-ataques.

E o terceiro gol brasileiro nasceu justamente em uma jogada rápida, pela esquerda do campo: Neymar arrancou em velocidade em diagonal, passou por dois marcadores com um tapa na bola e rolou para Willian, que, livre, chutou de primeira e balançou as redes.

O segundo gol de Neymar na partida – e o último da goleada – foi marcante para a carreira do atacante. Depois de tabelar com Willian – o meia, em noite inspirada, só precisou de um toque para deixar o companheiro livre –, o camisa 10 do Brasil avançou sem marcação, invadiu a grande área e finalizou com chute cruzado.

Os torcedores turcos aplaudiram o capitão brasileiro e gritaram o nome de Neymar, que chegou ao gol de número 42 pela seleção principal, mesmo número de gols marcados por Bebeto e com um a menos que os tricampeões mundiais Jairzinho e Rivellino. Com apenas 22 anos, Neymar está empatado com o atacante do tetra como o sétimo maior goleador da história da Seleção.

Com a vitória encaminhada, o técnico Dunga promoveu a entrada de novatos e tratou de observar jogadores. Casemiro, Roberto Firmino, Douglas Costa e Philippe Coutinho foram testados. Mais uma vez, o sistema defensivo não foi vazado: nos cinco jogos sob o comando de Dunga, o Brasil não sofreu nenhum gol.

O Brasil deixa Istambul e segue para Viena, onde, na próxima terça-feira (18), joga contra a Áustria, no último amistoso do ano. Esta partida fecha a temporada da equipe verde e amarela, que só volta a ser convocada em março do ano que vem. A Seleção também disputará a Copa América em junho de 2015.

Turquia 0 x 4 Brasil

Amistoso
Data: 12 de novembro de 2014
Horário: 16h30 (horário de Brasília)
Estádio: Sükrü Saracoglu Stadium, em Istambul (Turquia)
Árbitro: Ravshan Irmatov (Uzbequistão)
Auxiliares: Abdukhamidullo Rasulov (Uzbequistão) e Jakohngi Saidov (Uzbequistão)

Gols
BRASIL
– Neymar, aos 19 minutos, Kaya, contra, aos 23 minutos, Willian, aos 43 minutos do primeiro tempo; Neymar, aos 14 minutos do segundo tempo

Cartões amarelos
TURQUIA
– Erkin

Cartões vermelhos
Nenhum

Turquia
Demirel (Babacan); Kaya, Köybasi, Irtegün e Topal (Çamdal); Kisa (Erkin), Altintop, Turan (Ínan) e Erdinç (Sen); Tufan e Bulut (Potuk)
Técnico: Fatih Terim

Brasil
Diego Alves; Danilo, Miranda, David Luiz e Filipe Luís; Luiz Gustavo, Fernandinho (Casemiro) e Oscar (Philipe Coutinho); Willian (Douglas Costa), Neymar e Luiz Adriano (Roberto Firmino)
Técnico: Dunga