Chile vence, mas não convence

Equipe Ludopédio

A torcida chilena compareceu em peso na Arena Pantanal em Cuiabá. Tal como já havia acontecido no jogo do Brasil, os torcedores chilenos também cantara o hino à capela. Motivados por tal iniciativa dos torcedores, o Chile começou a partida não dando chances aos australianos.

Tanto é que em 15 minutos de jogo o Chile já vencia por 2 a 0. O clima era de que uma nova goleada sairia nesse grupo. Porém, o Chile relaxou e deu espaços para a Austrália crescer no jogo. Quando saiu o gol australiano, aos 35 minutos do primeiro tempo, a partida estava equilibrada.

No segundo tempo o Chile não conseguiu repetir o bom futebol da primeira parte do jogo e a Austrália, com muita correria, chegou várias vezes a ameaçar o goleiro Bravo que chegou a fazer algumas boas defesas. Cahill chegou a empatar de cabeça, mas estava imepdido e teve o gol anulado. O balde de água fria nos australianos foi dado no último minuto de jogo quando Beausejour pegou o rebote e de fora da área fez o terceiro gol chileno.

Chile 3 x 1 Austrália

 

Local: Arena Pantanal, em Cuiabá-MT
Data: 13 de junho de 2014, sexta-feira
Horário: 19h (horário de Brasília)
Público: 40.275 torcedores
Árbitro: Noumandiez Doue (CMA)
Assistentes: Yeo Songuifolo (CMA) e Jean Claude Birumuhahu (BUR)
Cartões amarelos: Tim Cahill, aos 43 minutos do primeiro tempo, e Charles Aránguiz, aos 41 minutos do segundo tempo

GOLS
CHILE: Alexis Sánchez, aos 12 minutos, e Valdivia, aos 14 minutos do primeiro tempo.  Beausejour, aos 45 minutos do segundo tempo
AUSTRÁLIA: Tim Cahill, aos 35 minutos do primeiro tempo

CHILE: Bravo; Isla, Medel, Jara e Mena; Aránguiz, Díaz e Vidal (Felipe Gutierrez); Valdivia (Beausejour); Sánchez e Vargas (Pinilla)
AUSTRÁLIA: Ryan; Franjic (Ryan McGowan), Davidson, Wilkinson e Spiranovic; Jedinak (Holland), Milligan e Bresciano; Oar, Leckie e Cahill

 

 

Galeria de imagens

(Visited 1 times, 1 visits today)