Equador segura ofensiva francesa mas é o único sulamericano fora

Equipe Ludopédio

Equador e França se enfrentaram no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, pela última rodada do grupo E da Copa do Mundo de 2014.

Os franceses já estavam praticamente classificados, em razão de terem um saldo positivo por seis gols. Já os equatorianos dependiam tanto do resultado deste jogo como do resultado da partida entre Suíça e Honduras, que jogaram no mesmo horário. A partida acabou como começou. 0 a 0. E certa decepção de um Maracanã completamente lotado.

O primeiro tempo da partida foi bem morno. Com poucas emoções a França atacou mais, teve mais posse de bola, mas não conseguia ser incisiva. Quem deu certo trabalho aos franceses fo Enner Valência, artilheiro equatoriano, que aos 41 minutos quase marcou em cabeçada que obrigou o goleiro Lloris a fazer defesa no susto.

O segundo tempo começou e as coisas ficaram mais tranquilas para os franceses e mais difíceis para os equatorianos aos 5 minutos quando Antônio Valência, nome mais conhecido do futebol equatoriano, foi expulso após entrada desleal em Digne.

A França então passou a controlar ainda mais a partida, e os equatorianos contavam apenas com a raça e a habilidade de Enner Valência que tentava marcar em contra-ataques. Mas quem brilhou na partida não foi nem um francês, mas sim o goleiro equatoriano Dominguez, que fez diversas defesas, pelo menos 9, e segurou o 0 a 0.

Com o resultado os franceses garantiram a liderança do grupo e a vaga para as oitavas para disputar uma vaga contra a Nigéria. Para os equatorianos, a única seleção sulamericana desclassificada na primeira fase, sobrou vontade e a honra de terem feito uma boa Copa do Mundo, jogando de igual para  igual com seus adversários.

Equador 0 x 0 França

Local: Estádio Maracanã, Rio de Janeiro (RJ) 

Data: 25 de junho de 2014, quarta-feira 

Horário: 17h (de Brasília) 

Árbitro: Noumandiez Doue (Costa do Marfim) 

Assistentes: Songuifolo Yeo (Costa do Marfim) e Jean Birumushahu (Burundi) 

Público: 73.749 torcedores 

Cartão Amarelo: Erazo (Equador) 

Cartão Vermelho: Antonio Valencia (Equador)

EQUADOR: Dominguez, Ayovi, Erazo, Guagua e Paredes; Montero (Ibarra), Noboa (Caicedo), Minda e Antonio Valencia; Arroyo (Achilier) e Enner Valencia 
Técnico: Reinaldo Rueda

FRANÇA: Lloris, Digne, Koscielny, Sakho (Varane) e Sagna; Schneiderlin, Pogba e Matuidi (Giroud); Greizmann (Remy), Sissoko e Benzema 
Técnico: Didier Deschamps

 

 

Galeria de imagens