Goleada verde-amarela na primeira fase e já somos hexa?

Equipe Ludopédio

A seleção brasileira entrou em campo contra Camarões na expectativa de garantir a primeira posição no grupo A e, dessa forma, definir o Chile como adversário nas oitavas-de-final. A seleção africana, já desclassificada, apenas cumpre tabela, e embora tenha dito nos bastidores que pretende estragar a festa brasileira, marcando o gol de honra, não apresenta muitos recursos técnicos para cumprir a sua promessa.

O time do Brasil começa a partida de forma acelerada, marcando forte sob pressão e lançando bolas pelo setor direito, nas costas da defesa em linha do adversário. Sem opção, a seleção camaronesa recua e aguarda uma oportunidade para partir para o contra-ataque.

Embora tenha o domínio no inicio da partida, a ansiedade toma conta do Brasil, que não consegue dominar o meio de campo. Camarões começa a gostar mais do jogo e partir para o ataque.

Em uma roubada de bola no meio de campo, Luis Gustavo arranca e cruza para Neymar bater para o gol aos 17 minutos. Brasil 1 x 0. A torcida, de forma muito precipitada, puxa o gruito de O campeão voltou.

O jogo passa a ficar mais aberto e a seleção brasileira começa a chegar com frequência ao gol camaronês. Em bom lance, Paulinho cruza rasteiro para Fred que não amplia o placar por pouco.

Camaroes também sai para o jogo e cria três bons lances consecutivos de gol. Em seguida, após cruzamento de Nyom, que supera Dani Alves sem a devida cobertura, Matip converte aos 26 minutos. Tudo igual novamente. Após disputa de bola aos 36 minutos Marcelo toca para Neymar, que arranca e bate na entrada da grande área. Colocando o Brasil na frente novamente. 2 x 1.

Embora a equipe verde e amarela tenha levado perigo ao gol adversário mais algumas vezes, não conseguiu dominar o meio de campo no primeiro tempo.

O segundo tempo começa com uma seleção brasileira mais determinada a ocupar o meio de campo e chegar de forma mais consistente ao ataque, com belos chutes de Neymar. Em seguida, Fernandinho que havia entrado no lugar de Paulinho, toca para David Luiz pela esquerda. O zagueiro cruza para Fred concluir de cabeça. 3 x 1 para o Brasil.

Felipão opta então por compactar o time, colocando Ramires no lugar de Hulk e Willian no lugar de Neymar para tentar garantir o domínio do meio de campo. A alteração dá certo e o Brasil ocupa a intermediária, cadenciando o jogo e tocando a bola com mais tranquilidade.

Já no final da partida, Oscar intercepta a saída de bola de Camarões, passa para Fred, que lança Fernandinho na grande área. O camisa 5 toca com a ponta da chuteira e amplia o placar. Brasil 4 x 1 Camarões.

A seleção encerra sua participação na fase de grupos, goleando a seleção africana e garantindo a primeira colocação. Assim, enfrentará tanto o Chile nas oitavas-de-final, quanto a ansiedade da torcida brasileira que já celebra o retorno da seleção campeã.

FICHA TÉCNICA

Camarões 1 x 4 Brasil

Local: Estádio Mané Garrincha, em Brasília (DF)

Data: 23 de junho de 2014, segunda-feira

Horário: 17h (de Brasília)

Árbitro: Jonas Eriksson (SUE)

Assistentes: Mathias Klasenius (SUE) e Daniel Warnmark (SUE)

Cartões amarelos: Enoh, Salli e Mbia (Camarões)

Gols:

Camarões: Matip, aos 25 minutos do primeiro tempo

Brasil: Neymar, aos 16 e aos 34 minutos do primeiro tempo; Fred, aos três, e Fernandinho, aos 38 minutos do segundo tempo

CAMARÕES: Itandje; Nyom, Nkoulou, Matip e Bedimo; Mbia, Enoh e Nguemo; Moukandjo (Salli) e Choupo-Moting (Makoun); Aboubakar (Webo)
Técnico: Volker Finke

BRASIL: Júlio César; Daniel Alves, Thiago Silva, David Luiz e Marcelo; Luiz Gustavo, Paulinho (Fernandinho) e Oscar; Hulk (Ramires), Fred e Neymar (Willian)
Técnico: Luiz Felipe Scolari

 

 

Galeria de imagens