Exposição Virtual: A Seleção em Poços de Caldas

Museu do Futebol

pocosdecaldas

O Museu do Futebol lançou a exposição virtual “A Seleção em Poços de Caldas”, oitava mostra da instituição na plataforma “Google Arts & Culture”. Com imagens do fotojornalista Antonio Lucio, ganhador de dois prêmios Esso, o material é focado em um período de treinos da seleção brasileira em Poços de Caldas, em 1958, que foi a primeira etapa da preparação para a Copa do Mundo disputada na Suécia.

O período em Poços de Caldas foi especialmente relevante para a seleção brasileira. Foi a primeira vez em que o time nacional trabalhou fora do Rio de Janeiro na preparação para um Mundial, e a concentração foi considerada por muitos a mais organizada da equipe até então. . Na cidade mineira, por exemplo, os jogadores foram submetidos a exames médicos, odontológicos e psicológicos, além de um treinamento intenso, classificado como extremamente rigoroso à época, aplicado pelo preparador físico Paulo Amaral.

A primeira etapa da concentração da seleção contou com 35 jogadores – apenas 22 viajaram para a Suécia. Antonio Lucio foi escalado pelo jornal “O Estado de S.Paulo” para acompanhar os treinos, e as imagens captadas por ele já haviam servido como material para o livro “Seleção nunca vista”, lançado no Museu do Futebol em 2018.

As fotos de Antonio Lucio em Poços de Caldas também integram a exposição temporária “A Primeira Estrela: o Brasil na Copa de 1958”, que está em cartaz no Museu do Futebol até 09 de setembro e retrata o caminho da seleção até sua primeira conquista mundial.